Aposentado de 105 anos está à procura de uma noiva; conheça

Aposentado de 105 anos está à procura de uma noiva; conheça

Noiva ideal deve ser mais nova, não pode beber e nem fumar

Um aposentado de 105 anos que vive em Belo Horizonte está à procura de uma noiva. Antônio Ferreira diz que se sente muito solitário e, por isso, gostaria de se casar novamente. A busca por uma nova companheira está difícil, segundo ele.

Viúvo há 15, ele ainda usa aliança de casado. Seria um charme para atrair uma namorada. ?O homem tem que ter uma mulher, não pode ficar sozinho não. Senão, como é que faz, não dá certo?, disse.

Exigente, ele brinca e escolhe a idade ideal da futura companheira. ?Cinquenta anos é bão?, disse. ?Já pedi para ir embora, não deixaram, não quer deixar. O que que eu vou ficar fazendo aqui? Ficar parado assim....de jeito assim...tenho que arrumar namorada?, completou. O aposentado também faz outras exigências para se casar: a noiva não pode beber, fumar ou gostar de jogos de azar.

A filha Dalisa Ferreira, de 63 anos, torce para que ele encontre logo a pessoa certa. É que aos 63 anos, solteira, ela também pensa em se casar. ?Se meu pai arrumar uma namorada, eu vou ter mais tempo de namorar. Dá um tempo pra eu passear um pouco?, disse a filha.

Se a procura der certo, Antônio Ferreira pode entrar para um grupo de mineiros que está se casando mais tarde. Um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que aumentou em Minas Gerais o número de uniões na maturidade registradas em cartórios.

Fonte: Globo