Ariadna prepara volta para a Itália e se despede do Brasil: "Tchau, pobreza"

Ariadna já chegou ao Brasil, no início de junho, com prazo de validade de apenas um mês.


Ariadna prepara volta para a Itália e se despede do Brasil:

Ariadna já chegou ao Brasil, no início de junho, com prazo de validade de apenas um mês. Nem a insistência do pai para que ela ficasse mais tempo no Rio de Janeiro foi capaz de mudar seus planos. "Tenho viagens marcadas para Istambul e Ibiza. O verão lá está bombando! Não tem como perder essas coisas", explica. Só a justificativa de Ariadna bastaria para entender a pressa da ex-BBB de voltar para a Itália, onde mora atualmente, e perceber que sua vida melhorou e muito por lá. Mas a pulseira de diamantes e o anel de safira com os quais ela desfila agora, toda orgulhosa, denunciam que o salto de Ariadna foi ainda mais alto do que se imaginava.

"Estou em um momento tão bom da minha vida, tão realizada... Tirando as viagens que ainda não fiz, se eu morrer amanhã, morro feliz. Mesmo com apenas 30 anos, já passei por muitas dificuldades, mas superei todas. Hoje tenho meu dinheirinho. Não sou rica, mas também não sou pobre. Tenho carro, apartamento, casa alugada e minha família está bem. Estou estabilizada", diz ela.

O "dinheirinho" a que Ariadna se refere é o salário que ganha como assistente clínica de um cirurgião plástico brasileiro especializado em cirurgias de redesignação sexual e à porcentagem que recebe de toda operação realizada. O trabalho da ex-BBB é ajudar pessoas que queiram mudar de sexo, assim como ela fez em 2009 na Tailândia, encaminhando-as para psiquiatras e agendando os procedimentos nos países onde vivem.

É com o patrão, aliás, que Ariadna pretende fazer uma nova cirurgia em sua "menina", que é como ela se refere às suas partes íntimas, na próxima vez em que vier para o Brasil. Muito provavelmente em janeiro de 2015. "Ainda não operei por falta de tempo. Quero fazer uma troca dos tecidos internos para ter uma lubrificação natural e ficar com a vagina o mais próximo possível da de uma mulher normal. Vou me sentir mais confortável", conta.

Brasil x Itália

Se na Copa do Mundo a seleção italiana decepcionou, na vida de Ariadna a Itália dá de goleada no Brasil. Não que ela esteja cuspindo no prato que comeu - ou melhor, em que nasceu -, mas foi em Turim que a ex-BBB diz ter reencontrado sua felicidade.

"Sou muito abençoada por Deus por ter nascido no Rio de Janeiro, mas me dá muita tristeza perceber como o Brasil é um país pobre de valores. Na Itália, as pessoas têm outra mentalidade, são mais educadas, o estilo de vida é bem diferente. Além do mais, foi lá que realizei meu sonho de me casar. Passei muita coisa na minha trajetória de gay para travesti, e depois para mulher. Acho que fechei com chave de ouro. Quero que o resto se exploda, porque eu estou viva de felicidade", diz.

Ariadna está casada há três meses com Matteo, um militar italiano com quem ela começou a se relacionar há sete anos, quando ainda era travesti. Na época, o romance tinha suas limitações, já que a ex-BBB ainda não era operada. "Foi um amor explosivo. Mas não tomávamos banho juntos e só transávamos com a luz apagada. Ele evitou me ver nua porque não queria deixar de sentir minha essência feminina. Em 2009, quando voltei operada para a Itália, foi aquela festa", relembra.

Bye, Bye, Brasil

A ex-BBB se diz realizada, mas ainda quer mais. Com o "dinheirinho" que ganha todo mês, ela pretende abrir um salão de cabeleireiro e realizar esse sonho antigo. No Brasil ou na Itália? Só o tempo vai dizer. "Penso em voltar a morar aqui algum dia. Daqui a uns dez ou 12 anos, quem sabe. Até lá meu marido já vai estar aposentado e poderá vir comigo. Também pretendo já estar com meus filhos. Quero ter dois ou três", revela.

Mas até lá, ao fim de cada temporada que passar no Brasil, Ariadna vai continuar enchendo a boca para dizer: "Bye, bye, Brasil. Tchau, pobreza!".


Ariadna prepara volta para a Itália e se despede do Brasil:

Fonte: EGO