Ataque de grupo de hackers tira site da Petrobras do ar

Grupo que tirou do ar site da presidência ataca agora o site da maior estatal brasileira

O grupo de hackers autodenominado LulzSecBrazil, que nesta madrugada derrubou o site da presidência da República e do governo brasileiro promoveu outro ataque nesta tarde. O alvo foi a Petrobras (www.petrobras.com.br), que, devido à invasão, ficou com sua página fora do ar por alguns minutos.

Tal como fez com o site da presidência, o grupo publicou a seguinte mensagem em seu twitter: ?Tango Down www.petrobras.com.br?. O termo "tango down" costuma ser utilizado por militares quando um determinado alvo é eliminado. Num outro post, comenta o seguinte: ?Acorda Brasil! Não queremos mais comprar combustível a R$2.75 a R$2.98 e exportar a menos da metade do preço! ACORDA DILMA!?.

O ataque que derrubou o site foi divulgado também por outro grupo hacker, o Anonymous, que num de seus perfis no twitter convocou outros hackers para que auxiliassem o grupo brasileiro na tentativa de derrubar o site da estatal.

O grupo Annonymous também publicou na madrugada um vídeo no YouTube em que anunciam, junto com os hackers do LulzSec, que fariam uma invasão aos sites governamentais. Na divulgação, eles convidam a todos a participarem da defesa da internet livre e da promoção de ataques virtuais contra o que consideram governos corruptos.

"É hora de mostrar a governos corruptos do mundo que eles não têm direito de censurar o que não possuem. Não importa a cor da sua pele, origem ou crenças, nós convidamos você a se juntar a nós em nossa luta contra a censura e os governos corruptos", afirmam.

Fonte: IG