Atingido por queda de árvore tem morte cerebral

Atingido por queda de árvore tem morte cerebral

Ele foi levado para o hospital logo após o acidente, com traumatismo craniano.

O Hospital das Clínicas de São Paulo confirmou na manhã desta quinta-feira (18) a morte cerebral de Ricardo Dutra Nicássio, de 28 anos, atingido por uma árvore que caiu na Avenida Brasil no domingo (14). Ele foi levado para o hospital logo após o acidente, com traumatismo craniano.

De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital das Clínicas, ainda não há informações sobre uma possível doação de órgãos da vítima. Nicássio corria com um amigo próximo ao cruzamento com a Avenida Rebouças quando foi atingido pela árvore.

?A árvore passou em mim ainda, mas infelizmente caiu em cima dele. Eu esperava que tivesse caído em cima de mim, eu tenho 54 anos, ele é meu aluno, tem 28 anos. É uma fatalidade que a gente não entende, porque que acontece coisas como essa", contou Jorge Campos, analista de suporte, que estava com a vítima no momento do acidente.

Na tentativa de socorrê-lo, o helicóptero Águia, da Polícia Militar, precisou fazer um pouso no meio da Avenida Brasil. Entretanto, como o Hospital das Clínicas, para onde ele seria levado, fica próximo do local do acidente, a vítima foi levada de ambulância.

No domingo, o Corpo de Bombeiros de São Paulo registrou 95 quedas de árvore em São Paulo em razão da chuva e da ventania que atingiu a cidade.

Fonte: g1, www.g1.com.br