Atleta que deu à luz não sabia que estava grávida

No dia em que iria começar o treinamento, a atleta tomou café e passou mal

A levantadora de pesos chilena Elizabeth Poblete, que deu à luz durante um treinamento no Clube Pinheiros, em São Paulo, na última terça-feira (8), iria mudar de categoria no esporte, de acordo com seus técnicos. Por isso era natural que ela ganhasse peso, avaliam os treinadores. A atleta de 22 anos não sabia que estava grávida, segundo a Federação Chilena de Levantamento de Pesos.

Elizabeth era recordista chilena em levantamento de peso e esteve nas Olimpíadas de Pequim.. Atualmente, ela está na categoria de 75 kg. No clube, iria treinar para a de 85 kg, e tinha uma alimentação reforçada. Ela chegou ao clube Pinheiros no dia 7, e iria ficar duas semanas treinando no local.

No dia em que iria começar o treinamento, a atleta tomou café e passou mal. A médica do clube foi chamada, e constatou que Elizabeth estava em adiantado trabalho de parto. O bebê nasceu no clube e foi levado para o Hospital São Luís, na Zona Sul de São Paulo, onde continua internado.

"Foi uma surpresa para mim, há uma semana eu participei de uma competição no Chile como juiz, e essa menina competiu, e muito bem, ganhou a competição. Percebi que ela era uma menina grande, corpulenta e forte, foi só o que percebi", disse Horácio Reis, diretor do departamento de levantamento de pesos do Pinheiros.

Segundo o obstetra Valdemir Resende, diversos fatores podem ter levado a a ser mascarada. ?Na ausência desses sintomas específicos de gravidez, ela evolui sem que houvesse um quadro clínico que chamasse a atenção dela e muito menos da equipe médica do clube?, afirmou.

Além de a atleta estar mudando de peso para uma nova categoria, a produção de endorfina faz os atrasos menstruais serem comuns em competidoras. O biotipo de Elizabeth também contribuiu - o quadril largo e a musculatura fortalecida do abdômen impediram que o aumento do útero fosse percebido.

A Federação Chilena de Levantamento de Peso proibiu qualquer integrante da delegação que está no Brasil de falar sobre o assunto. A assessoria de imprensa do órgão disse que há muitos problemas envolvidos nessa situação. O maior deles é quem vai pagar as despesas do hospital ? o seguro dos atletas cobre apenas acidentes. Ainda de acordo com a assessoria, ninguém desconfiava da gravidez de Elizabeth.

O menino recebeu o nome de Eric José, e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele nasceu com 1,150 kg, e já engordou 37 gramas. Os médicos calculam que a atleta estava no sexto mês da gestação.

Fonte: g1, www.g1.com.br