Ator diz que sente vergonha de se ver em reprise de novela

Ator diz que sente vergonha de se ver em reprise de novela

Cássio Gabus Mendes, sobre ‘Insensato Coração’: ‘Meu papel vai levantar discussões sérias’

Em ?Insensato Coração?, novela das oito da Globo que estreia nesta segunda (17), Cássio Gabus Mendes tem a oportunidade de repetir a parceria com Gilberto Braga. O autor, que escreve a nova trama em parceria com Ricardo Linhares, foi o responsável por um de seus papéis mais marcantes, o Afonso de ?Vale Tudo?. Atualmente sendo reprisado pelo Canal Viva, o folhetim dos anos 80 tem mexido com o cotidiano de Cássio, que tem gravado todos os capítulos para guardar de recordação. Na ocasião, ele contracenou com sua atual mulher, Lídia Brondi, e formou um par romântico pelo qual todo o país torcia.

Em ?Insensato?, no entanto, ele está longe de ser um mocinho. Depois que entrar na novela, um pouco depois do capítulo 30, Cássio discutirá um tema delicado: a homofobia. Além disso, seu personagem, Kléber, será viciado em jogos de azar. Mas tudo será retratado de maneira bem humorada. O ator conversou com a reportagem.

É verdade que recusou um papel em ?Ti Ti Ti?, remake da novela escrita por seu pai (Cassiano Gabus Mendes), para fazer ?Insensato Coração??

CÁSSIO GABUS MENDES: É sim. O que acontece é que sou muito amigo do Gilberto Braga e ele me convidou para fazer a trama há mais de um ano e meio, enquanto eu ainda gravava outra novela, ?Três Irmãs?. Assumi o compromisso antes, não iria desistir depois. Sem falar que é uma chance de voltar a trabalhar com o Gilberto, com quem, apesar de ser muito próximo, só fiz duas produções, ?Vale Tudo? e ?Anos Rebeldes?.

Tem acompanhado ?Ti Ti Ti??

CÁSSIO GABUS MENDES: Olha, honestamente, vejo pouco. Assisto uns capítulos pingados, mas é por falta de tempo mesmo. Mas tem sempre alguém me atualizando do que acontece, estou muito feliz, a novela é um sucesso. Meu irmão (Tato Gabus Mendes) está no elenco.

Sentiu algum tipo de pressão no começo da carreira por ser filho de Cassiano Gabus Mendes, um dos maiores novelistas do país?

CÁSSIO GABUS MENDES: Sinceramente, acho que sofreria pressão em qualquer profissão que escolhesse. Mas, neste caso, nunca senti uma pressão direta. Apesar de que acho natural que esse tipo de coisa aconteceça. Não tenho muitas lembranças de ter sofrido algum tipo de preconceito, por exemplo, e, hoje, já são 32 anos de carreira, não teria porque acontecer. Para mim, sempre foi motivo de orgulho ser filho dele. Se houve algum tipo de pressão ou preconceito, não senti.

O que já pode adiantar sobre o Kléber, seu personagem em ?Insensato Coração??

CÁSSIO GABUS MENDES: É um papel muito legal, muito rico. Acho que irei descobrindo ele aos poucos, porque ele tem muitas facetas. É um desafio, porque, ao mesmo tempo em que ele tem um lado engraçado, vai levantar também discussões sérias.

E o que acha do burburinho em torno da reprise de ?Vale Tudo??

CÁSSIO GABUS MENDES: Acho ótimo. Isso só prova o quanto a novela era boa. Não importa se o tempo passa e algumas das coisas ali retratadas ficou obsoleta. O que importa é a história, que, aliás é muito bem contada. ?Vale Tudo? tem conflitos maravilhosos, que seguem atuais hoje. A qualidade dos diálogos é incrível, tem personagens que mexem com o espectador. Não importa quanto tempo passe, a história continuará sendo incrível. É um trabalho do qual me orgulho muito.

Tem assistido a reprise?

CÁSSIO GABUS MENDES: Assisto sempre que posso. Também estou gravando tudo em DVD para guardar de recordação. Mas preciso dizer, tenho uma certa vergonha de me ver na novela. Eu era novinho, tanto tempo já passou. É diferente.

Para encerrar, não dá para não perguntar sobre sua mulher, Lídia Brondi. Alguma chance de ela voltar à TV?

CÁSSIO GABUS MENDES: Ah, isso já é com ela. Só quem pode responder isso é ela e eu prefiro não ficar falando sobre isso. O que posso dizer é que atualmente ela trabalha como psicóloga e está muito feliz.

Fonte: IG