Autora do hit "Ai se eu te pego" diz: "Música popular é que dá dinheiro"

Ela contou, em entrevista à revista TPM", o segredo do seu sucessoontou, em entrevista à revista TPM", o segredo do seu sucesso

Sharon Acioly, autora dos hits "Ai se eu te pego" e "Dança do Quadrado", contou, em entrevista à revista TPM", o segredo do seu sucesso. Veja os principais trechos:

"Música popular é que dá dinheiro"

"Fui para Los Angeles, sozinha. Fui baby-sitter, garçonete e cantava MPB em casas noturnas, mas, no fim dos anos 80, o público só queria saber de lambada. Aí, no fim do show, ensinava lambada pras americanas. Ali descobri que música popular é que dá dinheiro".

Como surgiu a "Dança do Quadrado"

[Em Porto Seguro, com o ouvido atento, viu quatro moleques de Bauru ensaiando uma dancinha usando as lajotas da barraca como limite para os passos]:?Na hora vi que o negócio ia longe. Chamei os meninos pra cima e, daquele dia em diante, não podia mais subir ao palco sem fazer a "Dança do quadrado". Depois que a música estourou os meninos me procuraram. A única coisa que pediram é que eu sempre revelasse a origem da dança. É o que faço: ?Ó, quem inventou foram os meninos da Unesp Bauru!?

A origem de "Ai se eu te pego"

"Ai se eu te pego" nasceu como uma brincadeira de estudantes, de 20 e poucos anos, em uma viagem à Disney. Chegou aos ouvidos de Sharon na Axé Moi, uma daquelas barracas-parques de Porto Seguro, onde trabalhava: "Era uma espécie de grito de guerra que elas cantavam para os dançarinos (de Porto Seguro). Vi que dava samba. Quando gravei a música pela primeira vez, escrevi para elas, mas nenhuma respondeu. Agora elas entraram com o processo de coautoria. Fizemos um acordo".

Sobre o envolvimento com seus dançarinos

"É um ditado velho, mas verdadeiro: onde se ganha o pão não se come a carne. Já fiz isso uma vez e não prestou."


Autora do hit

Fonte: EGO