Axl Rose é processado por ex-empresário

Cantor teria prometido comissão por ganhos com a atual turnê do Guns N" Roses

Vida de rockstar é assim mesmo: interrompe show no meio, soca repórter e é processado. Axl Rose, vocalista e líder do Guns N" Roses, vive tudo isso e agora também irá enfrentar na Justiça Irvin Azoff, seu ex-empresário, segundo conta o site da Rolling Stone americana. Azoff cobra uma dívida de R$ 3,4 milhões que faria parte de um acordo verbal feito entre ele e o cantor em 2008. O dinheiro seria a comissão que o empresário receberia a partir dos ganhos - de R$ 21 milhões até agora - com a atual turnê da banda.

O problema todo é que Axl demitiu Azoff por desentendimentos e colocou em seu lugar Doc McGhee, responsável por grandes turnês de grupos como Kiss e Bon Jovi. O processo teve início na última sexta-feira (26) na Corte Superior de Los Angeles.

O Gun N" Roses faz atualmente a turnê do disco Chinese Democracy, lançado em 2008. A banda passou pelo Canadá, Ásia e está atualmente na América do Sul. O grupo já tocou no Brasil mas irá retornar ainda ao Rio de Janeiro, no dia 4 de abril. O show na cidade aconteceria no dia 14 de março, mas uma forte chuva derrubou parte do palco, o que inviabilizou a apresentação.

Fonte: R7, www.r7.com