"Sambô no San Michel" traz samba rock e melhor do axé dia 28 de setembro, em THE

"Sambô no San Michel" traz samba rock e melhor do axé dia 28 de setembro, em THE

A banda é uma mistura de muita experiência profissional e de muita vontade de se divertir.

Uma roda de amigos, todos músicos profissionais e com a mesma intenção: tocar um samba de primeira, em volta de uma mesa, batendo papo. Assim nasceu o Sambô, que no dia 28 de setembro, no Palácio San Michel, estará novamente em Teresina juntamente com a Banda 5%,pela primeira vez em Teresina, onde apresentará o show ?Axé na Mesa?, trata-se de um projeto inovador onde os clássicos da música baiana ganham versões caracterizado, principalmente, pela descontração, pelo repertório eclético e pelo formato intimista da apresentação. Vale ressaltar que a a banda baiana faz parte do "cast" de bandas brasileiras que se apresentaram no "Brazilian Day", em Nova York

Já a Sambô esteve em solo teresinense em março de 2012, no show da dupla ?Vitor e Léo?, onde, na oportunidade, literalmente caiu nas graças do público no ?Camarote Sambô?.

A banda é uma mistura de muita experiência profissional e de muita vontade de se divertir. Mas essa mistura não parou por aí.Aproveitando o conhecimento em outros ritmos, principalmente o Rock e o Pop, e as características diferentes de cada um do grupo, surgiu o que o Sambô chama de "Rock-samba".

Músicas como "Mercedes Benz" da Janis Joplin, "Rock"n Roll" do Led Zeppelin ou "I feel good" de James Brown, são cantadas por Daniel San (voz e pandeiro) com sua voz característica de rock e acompanhadas por cavaquinho, tan-tan, rebolo...instrumentos típicos de uma verdadeira roda de samba.

O Sambô ainda conta com Sudu Lisi na bateria, Ricardo Gama no teclado, Júlio Fejuca no cavaquinho, guitarra e banjo, Max Leandro no surdo e rebolo e a alegria e o swing de Zé da Paz no pandeiro.Tudo isso misturado com um repertório de samba escolhido a dedo.

Sambistas. Roqueiros. Pouco importa. São músicos. Estudiosos e irreverentes, comprometidos e divertidos. Uma banda, uma ilha cercada de público por todos os lados. Intérpretes, compositores. Autênticos. Roda de samba, fundo de quintal, a incorporação do rock, seis artistas criativos que integram um grupo original, influências renovadas, a se apresentar pelos palcos do Brasil, esse país único, de diversas culturas em si mesmo.

Fonte: Kalor Produções