Bebê morre e mãe não sabia da gravidez

Bebê nasceu no banheiro e foi levado para outro hospital, onde morreu

A Polícia Civil de Itabuna (BA) investiga a morte de um bebê ocorrida em um hospital da cidade. A queixa foi registrada na 1ª Delegacia de Polícia de Itabuna pela avó da criança, neste sábado (31).

Segundo a delegada Sione Porto, responsável pelo inquérito, o bebê nasceu na terça-feira (27), em um hospital de Ipiaú (BA). "A mãe não sabia que estava grávida. Por estar amamentando um outro filho, ainda de colo, ela nos relatou que pensou que as mudanças no corpo ainda poderiam estar acontecendo em decorrência do parto anterior e pelo aleitamento."

Sione disse ainda que, de acordo com depoimento da mãe, a criança nasceu no banheiro do hospital em Ipiaú. "Ela nos contou que procurou atendimento médico por estar se sentindo mal, mas a gravidez não foi detectada pelo médico que a atendeu. Ela, então, ficou internada em observação, mas voltou a passar mal e foi ao banheiro, onde a criança nasceu, após cerca de cinco meses de gestação."

De acordo com a delegada, a criança, que nasceu prematura, foi levada de ambulância para o hospital em Itabuna, que teria melhores instalações e condições para cuidar de um recém-nascido. A mãe permaneceu em Ipiaú para curetagem, segundo a polícia. "Ainda não sabemos a data da morte da criança. A avó prestou queixa no sábado (31), quando nos trouxe a certidão de nascimento da neta. Não recebi ainda o atestado de óbito por parte do hospital e nem sei afirmar se o bebê já foi sepultado sem conhecimento da família."

Sione disse que ouviu o depoimento da mãe da criança, da avó do bebê e de uma testemunha do caso. "Requisitei informações para os dois hospitais e para os responsáveis pelo transporte da criança de um hospital para outro".

Fonte: g1, www.g1.com.br