SC: Bebês gêmeos nascem com 49 horas de diferença

Os partos das duas meninas foram normais e a mãe tem 17 anos

As meninas estão na UTI neonatal porque nasceram prematuras, de quase seis meses. Na última quinta-feira, às 11h12 da noite, nasceu Josiane, com 715 gramas. Pouco mais de dois dias, veio Helena com 740 gramas.

Os partos das duas meninas foram normais. Mesmo com intervalo de 49 horas entre o nascimento de um bebê e outro. Apesar de serem gêmeas vão comemorar os aniversários em datas diferentes. Josiane no dia 27 de janeiro e Helena no dia 30.

Elen, a mãe, tem 17 anos. Entrou em trabalho de parto e nasceu Josiane. As contrações pararam. Como a outra criança estava em bolsa e placenta diferentes, os médicos decidiram esperar. Também avaliaram que o risco seria menor.

?Nestes casos de extrema prematuridade, cada dia que a gente ganha é uma chance a mais que esse bebê tem?, explica Alberto Trapani, obstetra.

Este intervalo entre o nascimento de gêmeos é raro. O normal é de cerca de vinte minutos. Em 15 anos é a primeira vez que isso acontece no hospital, onde já foram feitos 20 mil partos.

Elen é casada há um ano e conta sobre o primeiro contato que ela teve com as crianças. ?Senti o calor delas, foi simplesmente maravilhoso?, diz Elen de Oliveira Eugênio, mãe dos bebês.

Josiane e Helena ainda devem ficar por um bom tempo na UTI para ganhar peso. Mas a mãe já faz planos para daqui a quinze anos. ?Vai ser meio complicado, por exemplo, quando elas tiverem 15 anos vai ter que fazer uma festa num dia e outra logo depois... Mas a gente espera que elas entendam e não queiram fazer tudo separado?, diz.

Esta foi a primeira gravidez de Ellen. Josiane e Helena têm a mesma altura: 33 centímetros.

Fonte: g1, www.g1.com.br