"Bela, a Feia"" termina com final feliz e clima de conto de fadas

No último capítulo da trama de Gisele Joras, um dos momentos mais aguardados será o casamento de Bela e Rodrigo

Era uma vez uma garota simples e feia que se apaixonava pelo patrão. Depois de enfrentar vilões, a jovem se transformou, ficou bonita e finalmente se casou com o homem de seus sonhos. Assim pode ser resumida a história de Anabela Palhares (Giselle Itié), protagonista de "Bela, a Feia"" (Record), que chega ao nesta quarta, 2, no melhor estilo conto de fadas. No último capítulo da trama de Gisele Joras, um dos momentos mais aguardados será o casamento de Bela e Rodrigo (Bruno Ferrari), quando ela aparecerá com um "novo"" visual: nem feia, como no início da novela, nem mulher fatal, como fingiu ser Valentina. "A caracterização da Bela é quase uma desconstrução total da Giselle. Foi instigante poder fazer uma personagem que é diferente de mim"", diz Giselle Itié, que, na composição da protagonista, confessa ter se preocupado com a expressão corporal. "Eu deixei os ombros tombarem para a frente, para ficar corcunda, e criei uma risada que a diferenciasse."" Sobre o figurino de Bela, a atriz conta que sentirá falta do cinto de maçã e de um colar de borboleta. "Mas não vou levar nenhum deles para casa, não"", confessa, aos risos. Para Gisele Joras, o grande desafio foi, a partir de uma fórmula de sucesso -"Bela, a Feia"" é baseada na colombiana "Yo Soy Bela, La Fea""-, criar algo original. "De todas as versões da história que conheço, essa é a primeira em que a personagem se torna mãe durante a trama. Acho que esse fato a humanizou ainda mais"", diz a autora. A mudança parece ter agradado ao público. "Bela, a Feia"" chega ao seu fim com média de 15 pontos de audiência.

Fonte: Assessoria