Bell Marques faz show pela primeira vez sem a barba

Tiranossauro Rex Sky Domme está cheio de efeitos especiais

Após 30 anos com o mesmo visual (barba, cabelo comprido e bandana na cabeça), o cantor Bell Marques entrou no circuito Dodô (Barra-Ondina), pela primeira vez sem a barba, puxando o grupo Chiclete com Banana, nesta sexta-feira (4). "Já vi que a falta da minha barba não tem problema. Todo mundo gostou, até eu estou gostando dessa zorra", disse o músico.

Com 58 anos, a aparência do músico se tornou uma marca registrada, aliada ao uso das bandanas. A barba foi retirada em um evento patrocinado pela Gilette, no Unique Eventos, no Bairro Caminho das Árvores, em Salvador, nesta quarta-feira (2).

No circuito, Bell cantou a música "Tá lisinho", que fala: "Tá lisinho. Tá lisinho. Tá lisinho. Vai ganhar beijinho", música escrita especialmente para o momento em que tirasse a barba.

Em 2009, Bell Marques já havia dito que tinha medo de não ser reconhecido sem a bandana, a barba e o cabelo comprido e que tinha receio de cortá-los. O músico confessou, antes de se apresentar na primeira noite do Festival de Verão de Salvador daquele ano, que tinha medo de tirar a bandana em público e não ser reconhecido pelos chicleteiros. "A bandana virou uma marca muito forte. Quem olha para mim vê o Chiclete com Banana. Meu visual é tão forte que não preciso estar na mídia sempre", afirmou à época.

Com visual renovado de Bell, o Chiclete com Banana invadiu o circuito a bordo do Tiranossauro Rex Sky Domme, que veio com novidades de efeitos especiais. A primeira versão do trio surgiu em 2000, quando o Tiranossauro Rex chegou a ser considerado o veículo mais sofisticado do país. O responsável pelo Rex Skydome é o engenheiro Wilson Marques, irmão de Bell, que controla a equipe técnica do trio. O outro apelido do trio é ?Predador da Tristeza?.

O novo trio é equipado com camarim refrigerado, sistema som frontal móvel conforme a direção do caminhão e plataformas laterais hidráulicas. O Rex Skydome custou cerca de R$ 1,7 milhão e recebeu também detalhes cromados; um novo palco, que desce totalmente, trazendo Bell bem pertinho do público; teto transparente de acrílico e piso de LED, que muda de cor; e um painel de LED na frente do veículo.







Fonte: g1, www.g1.com.br