Blogueira de moda nega quer marido seja pai do filho de Carol Francischini

Lala afirmou que já entrou com processo contra os responsáveis pela publicação da notícia


Blogueira de moda nega quer marido seja pai do filho de Carol Francischini

A blogueira de moda Lala Rudge, mulher do empresário Luigi Cardoso Richitelli, apontado como pai da filha de Carol Francischini, disse com exclusividade que está chocada com a publicação da notícia.

"Ela (Carol Francischini) quer aparecer. Não conseguiu dar certo na carreira de modelo, caiu no esquecimento e quer dar um jeito de aparecer. Ela quer destruir famílias, tanto que todos os nomes envolvidos são de homens casados", disse Lala.

Lala, que faz parte de uma tradicional família paulista, afirmou que já entrou com processo contra os responsáveis pela publicação da notícia. "Entrei com processo criminal e civil. Vem chumbo grosso por aí", disse.

A blogueira fez questão de afirmar que Luigi nunca teve nenhuma relação com Carol. "Isso é uma loucura. Fiquei sabendo disso ontem (domingo, 24). Não tem o menor cabimento. Tenho 100% de confiança no meu marido. Ele está revoltado", disse.

Lala também usou seu perfil no Instagram para desabafar. "Meninas, kkkk isso é uma piada, só rindo mesmo! É óbvio que tudo isso é mentira, né! Pelo amor de Deus, nunca li tanto absurdo! A que ponto as pessoas nao chegam para terem seus 5 mins de fama, né?", escreveu.

Procurada, Carol Francischini disse, por meio de sua assessoria, que a informação de que Luigi seria o pai de Valentina era mais uma especulação. "Não tem nada a ver. Não confirmamos essa informação", disse a assessoria, que pretende continuar mantendo sigilo sobre a identidade do pai da menina. A modelo também se pronunciou no Twitter: "Nossa quanta falta do que fazer...".

Fonte: EGO