Brasileiro se arrisca em mergulho na África para fotografar crocodilo de 4,5 metros

Brasileiro se arrisca em mergulho na África para fotografar crocodilo de 4,5 metros

O fotógrafo brasileiro passou oito dias em junho na região para registrar as fotos incríveis

O fotógrafo brasileiro Daniel Botelho, de 30 anos, e uma equipe de mergulhadores entraram no rio Okavango, em Botsuana, para fotografar um dos predadores mais temíveis do mundo: o crocodilo do nilo.

Segundo a agência "Barcroft Media", Botelho ficou a poucos centímetros e fotografou um crocodilo de 4,5 metros de comprimento em seu habitat natural.

O fotógrafo brasileiro passou oito dias em junho na região para registrar as fotos incríveis.

A espécie chegou a ficar ameaçada por conta da caça, já que sua pele era extremamente valiosa no comércio internacional.

O número de crocodilos, porém, aumentou significativamente após a aprovação de leis no país africano. Hoje, a espécie não está mais em perigo.



Fonte: g1, www.g1.com.br