Briga por um Chimpanzé vai parar na Justiça

Briga por um Chimpanzé vai parar na Justiça

Jimmy, de 26 anos, seria levado para um santuário em Sorocaba

Uma briga envolvendo um chimpanzé foi parar no Tribunal de Justiça do Rio. A guarda de Jimmy, que vive há 15 anos no Zoológico de Niterói (ZooNit), na Região Metropolitana do Rio, está sendo reclamada pela ONG Grupo de Apoio aos Primatas (GAP), de Sorocaba, no interior paulista.

Para indignação dos servidores do Zoo, o presidente do grupo, Pedro Ynterian, acusa a instituição de explorar o bicho e mantê-lo em confinamento, o que, segundo alega o reclamante, seria equivalente ao trabalho escravo imposto aos negros no passado.

Ynterian entrou com um pedido de habeas corpus para que o chimpanzé seja transferido para o santuário em Sorocaba, onde viveriam 50 primatas.

Jimmy é conhecido, pois já participou de comerciais e de programas de TV. Antes, passara 10 anos num circo até ser levado para o Zoonit. Atualmente, vive sozinho em uma jaula de 120 metros quadrados.

Segundo o Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), o pedido de habeas corpus será analisado pelo desembargador José Muiños Piñeros Filho, da 2ª Câmara Criminal. Não há data prevista para o julgamento do mérito, já que o desembargador está viajando.

Fonte: g1, www.g1.com.br