Caribe: Amy Winehouse teria tentado adotar menina de 10 anos

Segundo o jornal The Mirror, Winehouse havia comprado uma passagem de avião para ir visitar a menina, na primeira semana de agosto.

Amy Winehouse, que morreu no sábado (23) em sua casa no norte de Londres, estava adotando Dannika Augustine, uma menina pobre de 10 anos, da ilha de Santa Lucia, no Caribe, onde a cantora passou alguns meses entre 2008 e 2009.



Segundo o jornal The Mirror, Winehouse havia comprado uma passagem de avião para ir visitar a menina, na primeira semana de agosto, de acordo com a edição deste domingo (31) do jornal.

A avó de Dannika, Marjorie Lambert, 57, contou que a cantora já havia contratado advogados para iniciar o processo de adoção. A menina estava vivendo com sua mãe em extrema pobreza, quando Winehouse resolveu ajudá-la.

?Amy já era minha mãe. Eu a chamava de mãe e ela me chamava de filha. Nós dos divertimos juntas. Eu a amava, ela me amava,? disse Dannika. ? Ela era uma pessoa incrível e mal podia esperar para ir morar com ela em Londres. Não posso acreditar que ela se foi. É a pior coisa que já aconteceu comigo.?

Winehouse conheceu Dannika através de Marjorie, que é proprietária de um bar de praia, que fica perto do Resort Village Cotton Bay, onde Amy se hospedou várias vezes nos últimos anos.

Lambert disse que Amy e a menina passavam o tempo todo juntas quando a cantora viajava para Santa Lúcia. ?Amy adorava Dannika. Não sei por que ela a escolheu entre todas as outras crianças da ilha, mas desde que se conheceram ficaram inseparáveis. Elas passavam o dia inteiro juntas, andando a cavalo, jogando e andando para cima e para baixo na praia, de mãos dadas.?

A avó da menina continua: ?Amy costumava dizer: ?Eu quero adotar Dannika. Quero levá-la para a Inglaterra?. Se ela não tivesse morrido, não tenho dúvida que estaria aqui para completar o processo de adoção.?

Segundo a avó, a mãe de Dannika, Nadia Germaine, de 31 anos, concordava com a adoção porque não conseguia emprego.

O pai, Vic Augustine, filho de Marjorie, de 35 anos, que mora na Alemanha e está desempregado, afirmou ao jornal que foi contatado pela cantora, que ligou para ele do celular de sua mãe e lhe disse: ?Olá, filho querido de Marjorie. Quis falar com você porque sinto como se fosse meu irmão. Marjorie se tornou uma mãe para mim. Adoro Dannika. Ela é uma garota incrível.?

Vic disse que agradeceu Amy por estar tomando conta de sua filha e ela respondeu. ?É Dannika quem está tomando conta de mim. Não poderia viver sem ela. Por isso gostaria de sua permissão para adotá-la.?

Augustine contou que foi muito difícil para ele morar na Alemanha porque sentia muita falta da filha, mas Marjorie já havia lhe contado sobre Amy e dito que ao seu lado Dannika teria uma vida maravilhosa. ?Disse que se minha mãe achava uma boa ideia, então estava OK para mim. Falei com a mãe de Dannika também e ela disse que concordaria.?

Amy teria ligado outras vezes para Vic para tratar do assunto. ?Ela estava levando isso a sério.?

A família caribenha ficou arrasada quando soube da morte da cantora. ?Pobre Dannika, ela está tão triste. É muito duro para ela.?

Fonte: O Fuxico