Carla Bruni ignora boatos sobre casamento

Carla Bruni ignora boatos sobre casamento

Primeira-dama diz que boatos sobre crise conjugal são "insignificantes"

A primeira-dama da França, Carla Bruni, negou nesta quarta-feira (7) que ela e seu marido Nicolas Sarkozy sejam vítimas de um "complô". Ela fez referência a rumores que surgiram recentemente na imprensa local sobre problemas em seu casamento.

"Estes rumores são insignificantes e não têm importância para nós", disse Bruni à rádio francesa Europe 1. A ex-modelo está casada com o presidente francês há dois anos. "Considero que não somos vítimas de um complô. Não há complô. Não há vingança. Isto não nos afeta e viramos a página faz tempo", acrescentou.

As declarações da primeira-dama contradizem as de colaboradores do presidente francês que saíram em defesa de Sarkozy nos últimos dias, falando, inclusive, de um "complô organizado" contra o chefe de Estado.

O advogado de Sarkozy, Thierry Herzog, questionou as motivações daqueles que propagaram intrigas que dão a entender que o presidente e sua esposa, "a quem acusam, sem fundamentos, de manter relações" extraconjugais, levam "uma vida dissoluta".

Na imprensa, seu assessor de comunicação, Pierre Charon, mencionou a possibilidade de que haja uma "espécie de complô organizado com motivações financeiras".

Fonte: g1, www.g1.com.br