Carolina Dieckmann é flagrada pela primeira vez após suas fotos nuas vazarem na internet

Carolina Dieckmann é flagrada pela primeira vez após suas fotos nuas vazarem na internet

Carolina Dieckmann prestará depoimento apenas na próxima segunda-feira (7)

Carolina Dieckmann foi fotografada neste domingo (6), no Rio de Janeiro, após polêmica de vazamento de fotos íntimas. De acordo com a agência de fotografia "Ag News", as imagens foram feitas em um posto de gasolina do bairro do Leblon. É possível ver a atriz da última novela das 21h, "Fina Estampa", de óculos escuros conversando no celular.

Carolina Dieckmann foi vítima de chantagem após seu laptop ser invadido e teve imagens íntimas publicadas na internet. O advogado criminalista Antonio Carlos de Almeida Castro, responsável pelo caso, explicou como serão tomadas as medidas legais para se resolver a questão.

"O que aconteceu com Carolina é um crime, agravado pelo fato do filho dela, José, de 4 anos, que é menor, aparecer nas imagens. É uma grande ofensa, um grande dano", afirmou o advogado. Para o advogado, existe a possibilidade das imagens terem sido copiadas durante um serviço de manutenção do computador pessoal da atriz. "Essas fotos estavam em um laptop. Uma das hipóteses com as quais estamos trabalhando é que alguém tenha feito a manutenção e copiado as imagens".

Carolina Dieckmann prestará depoimento apenas na próxima segunda-feira (7), como explicou o Dr. Antonio Carlos de Almeida Castro. "Conversei por telefone com o delegado Gilson Perdigão, e Carolina vai prestar depoimento na segunda-feira (7) na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), no Rio de Janeiro. Com esse depoimento, com a apresentação dos fatos, começará a investigação criminal. Também entraremos na Justiça do Rio de Janeiro, ainda na segunda-feira, com uma ação cível inibitória, para impedir que essas imagens continuem a ser veiculadas em sites na internet, sob pena de eles (os sites) terem de pagar multa diária se não retirarem as fotos do ar. Nenhuma publicação ou site sério mostrou ou manteve as imagens no ar. Indentificado os culpados e aqueles que mostraram as fotos, entraremos como uma ação cível por danos morais".

Fonte: Quem