Cauã Reymond em cenas quentes em "Amores Roubados": "Não fico nervoso"

Cauã Reymond não teve problemas em gravar cenas quentes em "Amores Roubados": "Eu não sofro, não. Nem fico nervoso" Nessa foto: Cauã Reymond

Leandro, personagem de Cauã Reymond em "Amores Roubados", já seduziu três mulheres diferentes na minissérie. Mas para quem pensa que foi difícil para o ator dividir cenas quentes com Isis Valverde, Dira Paes e Patricia Pillar, o ex-marido de Grazi Massafera conseguiu tirar de letra.

"Eu não sofro, não. Nem fico nervoso. Faço logo uma brincadeira para quebrar o gelo no set e descontrair", disse o ator afirmando que aprendeu com Vincent Cassel, quando os dois fizeram o filme "À Deriva", em 2009.

Cauã ainda elogiou as atrizes. "O clima foi ótimo com todas elas. São atrizes muito talentosas". Por causa das gravações de "O Caçador", outra série da TV Globo com estreia prevista para o meio do ano, Cauã não tem acompanhado "Amores Roubados" como gostaria, mas está satisfeito com repercussão do personagem. "Estou contente com o resultado do trabalho como um todo. Foi estafante para todos: elenco, maquiagem, produção. Gravamos em locações inóspitas - lembra o ator, que ficou cerca de três meses no Nordeste, ano passado, por conta da série. - A resposta tem sido positiva, tanto do público feminino quanto do masculino", contou o ator em entrevista à coluna de Patricia Kogut, do jornal "O Globo".

Cauça também comentou do assédio por causa do personagem. "Ah, eu fico encabulado de falar...Prefiro que você pergunte isso para os outros. A sexualidade do Leandro é o que chama mais atenção, mas gostei muito de fazê-lo porque também tem um lado obscuro. Ele nasceu pobre, foi para a metrópole e voltou vencedor. Está no auge de sua autoestima. Mas também é um cara inseguro e a prova disso é que falha na primeira noite com Antônia, personagem de Isis Valverde, pivô de sua separação de Grazi.


Valesca Popozuda vai até o chão em show lotado em São Paulo

Em conversa com o Purepeople, Dira também nao poupou elogios a seu colega de cena. "Cauã é um príncipe! Tivemos uma empatia imediata. Ele é um ator intrigante, provocante, sedutor e de uma generosidade enorme em cena. Então, não foi difícil desenvolver uma intimidade com ele. Desde os ensaios construímos elementos para que pudéssemos mostrar essa relação que não estava começando. Porque o público não acompanhou esse início da paixão, esse auge".

Em "O Caçador", Cauã intepretará um policial que foi rejeitado pela família depois de ser afastado da polícia injustamente.

Fonte: Purepeople