Cineasta Fábio Barreto passará por uma nova cirurgia

No sábado, ele já havia sido submetido a uma operação neurológica no Hospital Municipal Miguel Couto

O cineasta Fábio Barreto, 52, passará por outra cirurgia no Hospital Copa D"Or, na zona sul do Rio de Janeiro. Ele sofreu um acidente de carro na noite de sábado (19) e permanece internado em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) neurológica do hospital.

No sábado, ele já havia sido submetido a uma operação neurológica no Hospital Municipal Miguel Couto, para onde foi levado após ser socorrido. Barreto foi transferido para o Copa D"Or, onde, após mais exames, foi definida a necessidade de um novo procedimento cirúrgico.

"Ele não corre risco, neste momento, de morrer, mas antes de operar o cérebro, corria", afirmou o médico Paulo Niemeyer ontem. Segundo ele, ainda é cedo para saber se o cineasta sofrerá algum tipo de sequela. "A preocupação agora é salvar a vida dele", afirmou.

De acordo com o diretor médico do Hospital Copa D"Or, Antônio Carlos Moraes, a cirurgia realizada na noite de sábado aliviou a pressão no cérebro de Barreto. Porém, somente a partir dos exames que serão realizados é que os médicos saberão se o quadro dele melhorou, ou se houve um aumento na lesão.

A previsão, segundo Niemeyer, é que Barreto fique internado na UTI do hospital por, pelo menos, mais uma semana. Ele permanece sedado e respira com a ajuda de aparelhos.

Acidente

O veículo de Barreto capotou por volta das 23h de sábado na rua Real Grandeza, no acesso ao chamado túnel velho, no bairro Botafogo.

De acordo com a assessoria do cineasta, ele voltava do aeroporto Tom Jobim (Galeão), quando sofreu o acidente. Ele iria para o Piauí, onde participaria de um festival de cinema, mas não conseguiu embarcar.

Entre outros, Barreto dirigiu o filme "Lula, o Filho do Brasil", que conta a história do presidente desde seu nascimento, em 1945, em Pernambuco, até sua consagração como líder sindical, em 1980, no ABC paulista.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br