Conheça o cinegrafista que substitui Montagner em Velho Chico

"Para mim foi uma bênção receber essa oportunidade", diz o Leandro

O escolhido pelo diretor da novela "Velho Chico", Luiz Fernando Carvalho, para ocupar o papel de Domingos Montagner o fotógrafo Leandro Pagliaro, 34 anos, tido como braço direito do diretor, que também é cinegrafista da novela e trabalha com o diretor desde “Suburbia”, em 2012.

Desde o início de “Velho Chico”, ele já trabalhava com essa câmera, que parece acompanhar a cena e os atores. Por causa dessa proximidade com o elenco, o profissional ganhou essa importante função, aprovada por todos.

Pagliaro conta que foi a primeira vez que gravou uma cena desse tipo com tamanha intensidade, depois de uma tragédia que marcou profundamente a equipe.

"Para mim foi uma bênção receber essa oportunidade. É complicado fazer parte daquilo, é uma energia à flor da pele, é muito delicado. Como não tinha áudio valendo, eu conversava com eles. Pedi permissão para o Domingos para representar o personagem dele. Sempre dava uma mentalizada e me recolhia num canto antes de gravar", conta. 

Leandro Pagliaro é quem opera a câmera que reproduz o olhar de Santo em "Velho Chico" (Crédito: Reprodução)
Leandro Pagliaro é quem opera a câmera que reproduz o olhar de Santo em "Velho Chico" (Crédito: Reprodução)

No set, o fotógrafo chegou a usar um sapato mais alto para ficar na mesma altura do ator e as imagens foram feitas usando uma lente especial, refletindo mais a luz. Mas, segundo ele, foi mesmo a interação com o elenco que permitiu um resultado tão satisfatório.

"Tenho recebido muitas mensagens de parabéns e elogios. Sem modéstia, a gente tinha noção do impacto que traria a partir do momento que começou a conversar sobre a linguagem. Foi uma interação absurda junto com elenco, desde a preparação. Desde que eles começaram eu estava dentro da sala de ensaio, para registrar toda essa transformação dos atores. Isso me deixou muito próximo deles, é um elenco pequeno, vira uma família. Isso facilitou bastante", conta.

Os atores ficaram livres em cena, sem marcas, e gravaram sem ensaio. "Aquilo tudo é uma resposta sensitiva. Eu olhava pelo visor da câmera e ao mesmo tempo olhava muito além, você vai sentindo. Se fosse ensaiado não sairia daquele jeito. As cenas têm muita força, ele continua com a gente. É impossível substituir a figura do Domingos", diz.


Leandro Pagliaro é quem opera a câmera que reproduz o olhar de Santo em "Velho Chico" (Crédito: Reprodução)
Leandro Pagliaro é quem opera a câmera que reproduz o olhar de Santo em "Velho Chico" (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol