Conheça Thayane Moreno, a nova dançarina de Latino: "Fama pela fama não me atrai"

Conheça Thayane Moreno, a nova dançarina de Latino: "Fama pela fama não me atrai"

Ela conta que foi descoberta pelas redes sociais e diz que não quer ser uma celebridade instantânea

Ela não se acha bonita, tampouco Sensual. Mas certamente não foi apenas por sua simpatia que Thayane Moreno, de 22 anos, chamou a atenção de Jojo, coreógrafo de Latino. Ele descobriu Thayane nas redes sociais e a convidou para fazer um teste para integrar o time de dançarinas do cantor.

"Primeiro fiquei assustada, não levei fé. Nos falamos pelo telefone e eu aceitei fazer o teste, imaginando que não passaria, que seria uma perda de tempo. Acabou que deu certo e no dia seguinte já estava ensaiando. Foi tudo muito rápido, mas estou mais preocupada em fazer bonito nos shows", contou Thayane, que trabalhava em eventos até então e não é dançarina profissional.

Ela nasceu em Nova Iguaçu, mas mora no Rio de Janeiro desde pequena. O olho puxado e o cabelo escuro e liso vêm da ascendência indígena.


Conheça Thayane Moreno, a nova dançarina de Latino

Entre os motivos que pesaram na hora de aceitar o convite, está a questão financeira, mesmo com a família toda torcendo o nariz em um primeiro momento. O cartão de crédito de Thayane agradece. "Adoro sol e praia, mas não tem programa melhor do que ir ao shopping para gastar dinheiro. E comer. Uso o cartão de crédito, parcelo em muitas vezes. Trabalho desde os 18 anos e, desde então, comecei a pagar minhas contas", explicou.

Corpo

"Eu sou uma tristeza. Eu engordo muito fácil, gosto muito de comer. Meu maior pecado é a gula. Sou do tipo que come um pote de sorteve de 2 litros inteiro em frente à televisão. Tento fechar a boca pelo menos durante a semana e faço musculação. Mas sou muito neurótica. Não me acho bonita, nem sensual. Não me acho essa coisa toda. Aí eu fico olhando minha barriga, quero que meu bumbum fiquei maior... acho que toda mulher tem isso".


Conheça Thayane Moreno, a nova dançarina de Latino

Uma inspiração: Gracyanne Barbosa

"Não é que eu queria ter o corpo dela, porque sei que é impossível. Fico babando no Instagram dela. É melhor ter uma barriga trincada do que pelancuda, não é? Acho lindo. Também admiro muito a disciplina que ela tem porque eu não conseguiria ficar sem comer doce. Malhar, eu até malho, mas do jeito que ela malha não consigo. Eu acabo faltando uma vez ou outra".

O "patrão" Latino

"Já encontrei com ele uma vez. Fomos a uma boate junto com todo mundo da equipe, uma das filhas dele e a Rayanne. Ele é supersimpático, uma pessoa maravilhosa, alto astral, exatamente aquilo que passa no palco. Sempre ouvi as músicas do Latino e até já conhecia algumas coreografias. A adolescência da minha irmã foi a época em que a música "Me Leva" estourou. Eu era pequenininha, mas ouvia muito".

Dança

"Nunca tinha dançado profissionalmente, mas toda carioca já nasce com um requebrado, né? Eu dançava em "night", quando saía com as minhas amigas. Também fazia umas aulas em academia. Mas estou ensaiando bastante, quase todos os dias da semana. Se depender de mim, faço minha estreia o mais rápido possível, mas ainda não me deram um data certa".

Fama

"Será que as pessoas vão me reconhecer na rua? Acho que todo mundo curte ser admirada, mas não quero fazer nada só para ser famosa. Qualquer pessoa pode chegar aqui na praia, tirar a roupa, ser fotografada e ficar famosa por 15 minutos. A fama pela fama não me atrai. Só se for pela sua arte".

"Gosto de homem que me faça rir"

"Sempre namorei, mas agora estou solteira e fechada para balanço. Terminei um relacionamento há pouco tempo, e estou focando no trabalho, nessa nova experiência. Não tenho nem tempo de pensar nisso. Mas gosto de homem que me faça rir, que leve a vida leve".

Fonte: EGO