"Considero o SBT minha primeira casa", afirma Bianca Rinaldi

Atriz interpreta Tany na minissérie "José do Egito"



Programas de auditório são a porta de entrada para muitos artistas na TV. Bianca Rinaldi, que interpreta a Tany de José do Egito, por exemplo, começou a carreira aos 15 anos de idade como ajudante de palco no Xou da Xuxa. Mesmo sabendo do preconceito que sofreria ao se arriscar na arte da interpretação, quando completou 19 anos, ela decidiu se aprofundar nas aulas de teatro. E, em menos de um ano, já estava fazendo participações em novelas como Cara & Coroa e Explode Coração. "No começo, as pessoas me olhavam estranho. Mas, se eu fosse me apegar a isso, não teria a carreira que tenho hoje", diz ela.

Prestes a completar 23 anos de trajetória profissional, Bianca já passou pelas principais emissoras do Brasil: Globo, SBT e Record. Assim como muitas atrizes jovens, seu primeiro trabalho de destaque foi em Malhação, na pele da professora Úrsula. Após o fim da temporada da novela teen, ela foi contratada pelo SBT, onde teve a oportunidade de dar vida à sua primeira protagonista, na novela Pícara Sonhadora. Só em 2004 ela foi chamada para integrar o elenco de atores da Record. Sem passar por testes, a atriz foi convidada pessoalmente pelo diretor Herval Rossano para o papel principal de A Escrava Isaura. "Eu considero o SBT minha primeira casa, por causa dos papéis que interpretei. Lá, o ritmo de gravação era puxado, eram 40 cenas por dia. Mas ganhei muita experiência naquela época."

Apesar de estar há nove anos na Record, José do Egito é a primeira minissérie bíblica de Bianca. Na trama, escrita por Vivian de Oliveira, a atriz interpreta a rainha do Egito, Tany. Sábia e paciente, a personagem é a responsável por abrir os olhos do Faraó contra seu conselheiro manipulador, Pentephres, respectivamente vividos por Leonardo Vieira e Eduardo Lago, além de influenciar a vida do protagonista da história, já que é quem convence o marido a casar sua amiga Azenate ? interpretada por Anna Rita Cerqueira na fase jovem e por Maytê Piragibe na adulta ? com José, encarnado primeiro por Ricky Tavares e posteriormente por Angelo Paes Leme. "Tany é uma mulher sensual e sutil. Ela faz cenas pontuais, nas viradas da trama, que vão marcar muito a minissérie", explica.

Para o papel de rainha do Egito, Bianca participou de workshops com o elenco e leu sobre a cultura do país. Também fez aulas de danças típicas, principalmente pelo fato de sua personagem ter o costume de se apresentar para o Faraó. "O mais difícil é me conter, porque gesticulo muito e a Tany tem postura de rainha. Por isso, antes da cena, tenho de ficar mais concentrada."

Antes mesmo de terminar de gravar a minissérie, Bianca já foi confirmada no elenco de Vida Bandida, título ainda provisório da primeira novela de Carlos Lombardi na Record. O folhetim será ambientado no Rio de Janeiro na década de 1970 e contará a história do início do tráfico armado de drogas nas favelas da cidade. A atriz será a protagonista da trama, uma promotora que enfrenta uma guerra entre gangues rivais. "Eu fiquei sabendo do papel quando o Lombardi postou no Twitter", ela diz.

Outro caminho

Além de atuar, Bianca Rinaldi já trabalhou como apresentadora. Sua primeira experiência foi no programa Ressoar, da Record, que aborda questões do terceiro setor, como a responsabilidade social, a cidadania, o meio ambiente e a inclusão social. "Apresentar o Ressoar me deu a oportunidade de conhecer muitas pessoas que lutam por um Brasil melhor", garante.

Recentemente ela também pôde ser vista integrando a equipe do reality show Extreme Makeover Social. Ao lado de Amanda Françozo, Luciano Szafir, Gianne Albertoni e Cássio Reis, a atriz reconstruiu creches para crianças necessitadas - e, apesar de ter o foco voltado para a carreira de atriz, ela não descarta trabalhar como apresentadora no futuro. "Eu gosto mesmo de atuar. Mas, se eu for convidada para apresentar um programa interessante, não vou recusar."

Instantâneas

- Bianca precisou de quatro horas de preparo para gravar as cenas em que aparece careca em José do Egito

- A atriz é dona do Instituto Eu Quero Viver, que ajuda enfermos com doenças raras

- Rinaldi comprou os direitos do espetáculo A Falecida, de Nelson Rodrigues, com o qual pretende entrar em cartaz no próximo ano

- Recentemente, Bianca gravou um piloto de um seriado chamado Grudados e Soltinhos, mas a produção ainda não tem previsão de ir ao ar.

Fonte: Terra, www.terra.com.br