Coquetel com Viagra reduz tumor na próstata

Estudo mostra que a descoberta também pode diminuir os danos cardíacos

Pesquisadores americanos descobriram uma combinação de dois remédios capaz de diminuir tumor de pacientes com câncer de próstata. A combinação de Viagra, remédio usado para tratar disfunção erétil, e doxorrubicina, usada no tratamento de diversos tipos de câncer, ajuda no combate a células cancerígenas e também protege o coração contra possíveis consequências.

A doxorrubicina é um agente quimioterápico utilizado há quatro décadas para tratar vários tipos de câncer, inclusive o de próstata. Seu uso, no entanto, pode causar alguns danos cardíacos, o que faz muitos pacientes interromperem o tratamento.

Ao combinar esse medicamento com o Viagra, que é feito com o princípio ativo sildenafil, os pesquisadores da Universidade Commonwealth de Virginia (EUA) descobriram que são criadas moléculas de oxigênio reativas capazes de provocar a morte de células cancerosas da próstata.

De acordo com o principal autor do estudo e diretor-científico da universidade, Rakesh Kukreja, as células normais da glândula não são prejudicadas. Os testes foram feitos em laboratório e também com animais.

- Nós acreditamos que o sildenafil é um excelente candidato para ser incluído no tratamento do câncer ? com o potencial de agir contra o tumor e de proteger o coração dos danos de curto e longo prazo provocados pela doxorrubicina.

Na próxima etapa do estudo, os cientistas vão iniciar os testes clínicos para avaliar se essa combinação de remédios é eficiente em pacientes com câncer.

Fonte: R7, www.r7.com