Corpo de 237ª vítima do incêndio na boate Kiss é velado em Santa Maria-RS

Corpo de 237ª vítima do incêndio na boate Kiss é velado em Santa Maria-RS

O corpo de Bruno Portella Fricks é velado no cemitério Santa Rita

Desde o começo da tarde deste domingo é velado no cemitério Santa Rita o corpo da 237ª vítima do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria. Bruno Portella Fricks, 22 anos, morreu na noite de ontem no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, onde estava internado.

Para os amigos, Bruno será lembrado pelo sorriso, pelo espírito brincalhão e pela afinidade que tinha com Brenda, sua irmã de 15 anos, que até o último momento tinha esperanças de que o irmão conseguiria se recuperar.

"Eu vou me lembrar do Bruno pelo sorriso. Ele amava o Grêmio, a gente disse que a vitória dessa semana era para ele, era um rapaz muito trabalhador, vitorioso, estava sempre rindo, muito palhaço", diz a estudante de Relações Públicas Fernanda Cruz, 21 anos, amiga de infância de Bruno.

Segundo ela, o jovem tinha acabado de se formar e estava conquistando tudo que sempre quis na vida. Ele tinha acabado de comprar seu carro, e estava ajudando a família. "Ele era muito humilde, ajudava muito a família dele", conta Fernanda.

Pamela Dutra, que é amiga da família, conta que a relação de Bruno com a irmã era muito bonita, uma coisa incomum, entre irmãos de 15 e 22 anos de idade. "Eu nunca tinha visto dois irmãos com tanta afinidade. Eles eram muito próximos, e a Brenda comemorava qualquer melhora no quadro de saúde do irmão", afirma.

Bruno foi a terceira vítima a morrer na semana seguinte ao trágico incêndio. Ele se formou em 2012 em Administração na Universidade Federal de Santa Maria e trabalhava na América Latina Logística (ALL). Neste sábado, comemoraria cinco anos de namoro com Jéssica Duarte, que também está internada. O enterro do jovem será realizado às 10h desta segunda-feira, no mesmo cemitério.

Uma semana depois do incêndio em Santa Maria, 113 feridos continuam hospitalizados (58 na cidade e 53 em Porto Alegre e região metropolitana). O último boletim divulgado na tarde deste sábado pela Secretaria de Saúde do Estado antes da confirmação da morte de Fricks apontava um total de 73 vítimas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), das quais 41 sob tratamento de ventilação mecânica.

Fonte: Terra, www.terra.com.br