Corpo de enfermeira vítima de trote de rádio chega à Índia

Corpo de enfermeira vítima de trote de rádio chega à Índia

Jacintha Saldanha se enforcou após receber trote de locutores de rádio.

O corpo da enfermeira de origem indiana que se enforcou depois de ser vítima de um trote ao atender uma ligação sobre a princesa Catherine em um hospital de Londres chegou a Mangalore, sudoeste da Índia, neste domingo (16), após uma missa em sua memória celebrada no sábado (15) em Londres.

Jacintha Saldanha, 46 anos, cometeu suicídio aparentemente depois de atender no hospital King Edward VII uma ligação de dois locutores de uma rádio australiana que se fizeram passar pela rainha Elizabeth II e seu filho, o príncipe Charles, para obter informações sobre Catherine.

O funeral acontecerá na segunda-feira (17) perto de Mangalore, em Shirva, cidade natal do marido da enfermeira, Benedict Barboza, que acompanhou o corpo no voo para a Índia ao lado do filho, de 16 anos, e da filha, de 14.

Jacintha Saldanha foi encontrada enforcada em um guarda-roupa e com ferimentos em seus pulsos no alojamento do Hospital King Edward VII, em Londres, dias depois de ter recebido um trote de uma estação de rádio australiana e ter direcionado a ligação para uma colega, que divulgou detalhes sobre a saúde de Kate Middleton.

A ligação, ocorrida na semana passada, virou notícia no mundo todo, assim como a morte de Jacintha, nascida na Índia, e causou condenações globais à rádio e aos locutores que pregaram a peça.

Enxugando as lágrimas do lado de fora da Catedral Católica de Westminster, em Londres, onde a família participou de uma missa, o marido da enfermeira, Benedict, afirmou que "parte de mim foi retirada".

Fonte: G1