Corte de energia na Venezuela afeta o Brasil

Corte de energia na Venezuela afeta o Brasil

Governo Chávez fará racionamento no país vizinho

A Venezuela iniciou nesta quarta-feira um programa de racionamento, no qual o fornecimento de energia será suspenso quatro horas por dia, em locais e dias alternados. O racionamento se deve à forte estiagem no país, bem como a problemas de infraestrutura, e já afeta o Brasil: desde as 14h de segunda-feira o abastecimento de energia em Roraima está sendo complementado pela geração da usina termelétrica de Floresta.

Atualmente, o estado - que não integra o Sistema Interligado Nacional, que abastece quase todas as unidades da federação a partir das hidrelétricas - conta com a eletricidade venezuelana para ter segurança energética.

Os cortes, iniciados no primeiro minuto desta quarta-feira, devem ir até maio, quando inicia o período de chuvas. Segundo o jornal "El Nacional", além de residências e empresas, serão afetados sinais de trânsito, terminais de passageiros e escolas - às quais se recomendou mudança de horário. Ficam de fora jornais, rádio, televisão, metrô, hospitais, aeroportos e iluminação pública (reduzida à metade).

Fonte: O Globo