'Crente da prostituição' é expulsa de igreja; R$ 200 por cada hora

Loiraça, Joana Almeida foi expulsa ao ser desmascarada pela igreja.

Assembleia de Deus decidiu expulsar uma de suas congregadas de nome Joana Almeida, após descobrir que a mesma fazia programas sexuais. Segundo informações, a citada 'irmã', de corpo escultural, tinha como clientes membros da igreja e até menos de idade.

Joana, que mora em Lajeado Novo, no Rio Grande do Sul, passou a postar fotos sensuais aconselhada por uma amiga que a ensinou como 'ganhar dinheiro fácil'. Apontada como iniciante no 'ramo', a loira cobra apenas R$ 200,00 por hora. A 'crente da prostituição', como é citada em um blog, frequentava a igreja à noite e durante o dia fazia programas.

"Tem gente que é crente que os outros são besta!! Mas esses quando são desmascarados, fica tão feio, que dá uma pena. A pessoa simplesmente vive em uma igreja dando lições de moral, mas aí, quando sai do culto, vai direto para o cabaré se vender. Assim foi o caso da “irmã”Joana. De noite é crente e na madruga é….??, questiona o Blog Ramyriasantiago, que traz matéria sobre o caso.

Um grupo de evangélicos decidiu afastar Joana da igreja. Após isso, o número de clientes da loiraça triplicou.

Image title

Image title

Image title




Fonte: Com informações do Diariodosertao