10 coisas que você precisa saber sobre a maconha

10 coisas que você precisa saber sobre a maconha

A venda e consumo da maconha na Holanda são liberados

Pouca gente sabe, mas no dia 1º de novembro é o Dia Nacional da Maconha, data em que ocorrem diversas manifestações a favor do uso da erva.

Pensando nisso, listamos algumas coisas que você não sabia sobre a maconha. Confira:

1. Pesquisas indicam ainda que 60% dos usuários de maconha (ainda que fumem esporadicamente a droga) têm problemas de memória, 40% têm problemas de concentração, 40% têm dificuldade de planejar e executar tarefas de forma ordenada, 40% acabam limitando sua convivência com os outros e 35% têm baixo rendimento profissional.

2. Existe nos Estados Unidos uma revista especializada em maconha. Acredite, mas em reportagem de janeiro de 2003, a publicação lançou a tese de que alguns milagres atribuídos a Jesus foram realizados com uma mistura à base de maconha.

3. Se você acha que a venda e consumo de maconha é totalmente liberada na Holanda, está enganado. Existem inúmeras restrições. Para começar, a Cannabis não é encontrada em qualquer lugar. Só pode ser adquirida nos Coffee Shops, que estão autorizados a vender apenas 5 gramas por pessoas. E, para evitar o tráfico, cada Coffee Shop só pode possuir, no máximo 500 gramas.

4. O Uruguai foi o primeiro país da América do Sul a liberar o cultivo e a a venda, embora controlada, da Cannabis. É o governo quem concede licença de produção e comercialização do produto. Detalhe: o fumo é proibido em locais públicos, inclusive em bares.

5. As plantações de maconha estão ameaçando o kiwi, ave símbolo da Nova Zelândia. Segundo ambientalistas desse país da Oceania, os traficantes estão destruindo enormes pedaços de florestas para plantar a erva, ameaçando a população dessas aves. Estima-se que a população esteja caindo 6% ao ano.

6. O Canadá foi o primeiro país do mundo a legalizar a maconha para fins terapêuticos.

7. Segundo os cientistas, algumas drogas não-legalizadas podem, sim, ser usadas para fins medicinais. A cocaína, por exemplo, já foi largamente utilizada como anestésico. A maconha é usada em muitas partes do mundo para tratar glaucoma, esclerose múltipla e náuseas e dores de pacientes em tratamento com quimioterapia.

8. Segundo pesquisas realizadas em países como os Estados Unidos, pessoas que fumam maconha com regularidade têm 2 vezes mais chances de ter depressão e transtorno bipolar do que a média da população. A probabilidade de ter esquizofrenia é 3,5 maior. O risco de transtorno de ansiedade é 5 vezes maior.

9. Um dos mais curiosos produtos feitos até hoje com a Cannabis foi, acredite se quiser, uma casa. A matéria-prima utilizada foi uma mistura de cânhamo, cal e água. Segundo a empresa responsável pela construção, a casa de maconha é resistente a cupins e absorve gás carbônico da atmosfera.

10. O tráfico de drogas é considerado crime hediondo no Brasil, não portar entorpecentes para uso pessoal. A punição máxima para uma pessoa que for flagrada com maconha para uso próprio é prestação de serviço à comunidade.

Fonte: Mais Curiosidade