6 casos de pessoas que morreram durante o ato sexual

6 casos de pessoas que morreram durante o ato sexual

Algumas pessoas gostam de sentir dor durante o ato sexual

Parece bizarro, mas algumas pessoas morreram durante o ato sexual. Trouxemos para você alguns desses casos. Confira!

1. A asfixia autoerótica

A prática de cortar o suprimento de ar nos pulmões para ampliar o prazer sexual é conhecida como asfixia autoerótica. Porém, ela vitimou o conhecido ator David Carradine, o personagem-título de “Kill Bill”. Ele foi encontrado em um quarto de hotel em Bangcoc, na Tailândia, com uma corda em volta do pescoço e dos genitais. A causa da morte foi atribuída como sendo acidental.

2. O estuprador de velhinhas que conheceu o significado da palavra “karma”

Depois de passar 22 anos preso por molestar uma criança, o homem Isabel Chavelo Gutierrez, de 53 anos, que pesava mais de 110 kg, invadiu a casa de uma senhora de 77 anos para estuprá-la. Ele começou a acariciá-la e parou logo em seguida dizendo não estar se sentindo bem. Gutierrez estava morto, provavelmente vítima de um ataque cardíaco.

3. Os papas que morreram fazendo sexo

Acredita-se que o papa Leão VII, cujo pontificado aconteceu entre os anos 936 e 939, tenha morrido de um ataque cardíaco enquanto fazia sexo com uma namorada. Já o papa Paulo II ocupou o posto máximo da Igreja entre 1464 e 1471. Ele também morreu de um ataque cardíaco, e muitas pessoas acreditam que isso aconteceu enquanto ele era sodomizado por um coroinha.

4. O choque fatal

Algumas pessoas gostam de sentir dor durante o ato sexual, e isso não era diferente com Kirsten Taylor, de 29 anos. A mulher, que morava na Pensilvânia (EUA), levou um choque fatal quando seu marido Toby, de 37 anos, com o uso de um cabo de secador de cabelos, aplicou uma descarga elétrica acima do que ela suportava.

5. A overdose de Viagra

Duas mulheres desafiaram o russo Sergey Tuganov, de 28 anos, a uma maratona sexual de 12 horas! Caso completasse o “serviço”, ganharia uma aposta de US$ 4,3 mil – e ele executou a maratona com prazer. Porém, para isso, ele tomou uma quantidade absurda de Viagra e acabou morrendo de ataque cardíaco pouco depois de terminar a jornada sexual.

6. O político que morreu enquanto fazia amor com a ex-namorada do filho

Em junho de 1987, o então líder do Partido Liberal australiano Sir Billy Snedden foi encontrado morto em um quarto de hotel, em Sydney. a suspeita é que Snedden tenha sofrido um ataque cardíaco.

Fonte: Mega Curioso