6 maneiras apreender as coisas mais rapidamente

6 maneiras apreender as coisas mais rapidamente

Aprenda coisas que sejam empolgantes

Se você é daquelas pessoas que gosta de apreender muitas coisas, essas dicas vão facilitar sua aprendizagem. Confira:

1. Não queira ser multitasking

É bacana acreditar que você é capaz de assoviar e chupar cana ao mesmo tempo, mas a verdade é que o cérebro humano, por mais desenvolvido que seja, simplesmente não é capaz de prestar atenção em mais de uma tarefa por vez. Sem saber no que direcionar sua atenção, o cérebro acaba divagando e só consegue se focar de novo depois de 25 minutos, em média.

É até possível que você consiga ser multitasking, mas, em longo prazo, tudo o que você terá aprendido será em termos superficiais, e não muito profundos.

2. Tente não ser perfeccionista

A máxima de que “ninguém é perfeito” é mais do que verdadeira, mas nem sempre a levamos a sério e frequentemente sentimos a necessidade de cobrar resultados além do que deveria ser cobrado. Aceitar a capacidade de errar é saudável em termos de aprendizado, até mesmo porque errar é uma forma de aprender.

3. Aprenda coisas que sejam empolgantes

Da mesma maneira que crianças se interessam mais pelas coisas novas e curiosas, nós, ainda que crescidinhos, tendemos a prestar mais atenção em coisas que não sejam chatas. Isso é meio óbvio, mas às vezes a obviedade precisa ser lembrada.

O segredo? Apostar em apelos visuais, canetas coloridas, marcadores de texto e relações divertidas entre conteúdo. Joshua Foer, memorista campeão dos EUA, consegue se lembrar de uma sequência aleatória feita por um baralho completo em menos de dois minutos. Como? Ele associa cada carta a uma imagem estranha, e assim melhora substancialmente seu poder de memorização.

4. Pratique novas atividades

Parece até mentira, mas a verdade é que treinar coisas novas aumenta a massa cinzenta do cérebro. Em 2004, isso foi comprovado em um estudo que avaliou a massa cerebral de pessoas que estavam aprendendo a fazer malabarismo – enquanto treinavam, a matéria cinzenta aumentou e, quando pararam de treinar, ela simplesmente sumiu.

5. Ensine para alguém aquilo que você acabou de aprender

Se você acabou de ter uma aula sobre o Existencialismo, por exemplo, experimente explicar para alguém algum ponto de vista do filósofo francês Jean-Paul Sartre ou do escritor Albert Camus. A pessoa entendeu o que você explicou? Bingo! Todo mundo sai ganhando: você e a pessoa. Ela, porque aprendeu algo novo; você, porque reforçou o conteúdo que havia entrado recentemente em seu cérebro.

6. Tente ler mais rápido

Há estudos que sugerem que ler mais rápido nos faz aprender mais rapidamente. A questão aqui é treinar o cérebro para que ele processe palavras mais rapidamente, de modo que, com o passar do tempo, você vai conseguir ler blocos inteiros de palavras em vez de interpretar cada uma delas individualmente.

Fonte: Mega Curioso