7 coisas curiosas que você precisa saber sobre a ereção

7 coisas curiosas que você precisa saber sobre a ereção

O tabagismo é a principal causa de problemas de ereção

Você sabia que que disfunção erétil é a incapacidade de ter ou manter uma ereção enquanto pratica atos sexuais? Para saber mais coisas sobre a ereção masculina, confira o nosso post:

1. Fumar causa problemas de ereção

O tabagismo é a principal causa de problemas de ereção em homens com menos de 40 anos. Fumar causa a obstrução do fluxo regular de sangue, impedindo ou atrapalhando ereções. De acordo com um estudo, homens que fumam 20 ou mais cigarros por dia enfrentam um risco 60% maior de ter disfunção erétil do que os que não fumam.

2. O álcool também atrapalha

Existe um equívoco sobre afirmar que o álcool faz com que as pessoas se sintam sexualmente estimuladas. Na verdade, o álcool é um depressor. Portanto, isso não significa que é preciso parar de beber completamente; a chave está na moderação.

3. Controle o tamanho da cintura

Esta medida realmente depende da estatura, mas de acordo com um estudo da Universidade de Cornell (EUA), homens com cinturas maiores que 40 polegadas (pouco mais de 1 metro) são mais propensos a sofrer de disfunção erétil.

4. Stress e ansiedade

Stress e ansiedade são causas comuns de disfunção erétil. O stress pode ser causado por uma série de coisas, como assuntos do trabalho, problemas financeiros, conjugais ou diversas outras variáveis. Embora não seja possível reverter algumas circunstâncias, é possível fazer algumas coisas para aliviar o stress.

5. Descanse bastante

A privação do sono também pode acarretar em disfunção erétil. Se você não tem um sono regular, deve tentar gerir melhor o seu tempo. Não é preciso cortar diversões ou outras coisas, mas moderar ajuda na organização. Planeje os dias seguintes e priorize descansar o suficiente.

6. Coma bem e se mantenha ativo

Há uma série de exercícios que podem aliviar a disfunção erétil, mas assim como com qualquer problema, é melhor prevenir. Problemas como sobrepeso, diabetes ou ambos podem afetar os nervos do pênis.

7. Saúde oral e sistema imunológico

O Journal of Sexual Medicine publicou um estudo revelando que homens com disfunção erétil são 3 vezes mais propensos a sofrer com doenças periodontais ou gengivais quando comparados com homens que não têm este problema. Isto acontece porque a inflamação, que ocorre em resposta à uma lesão ou infecção, pode se propagar para o resto do corpo. Para impedir, escove os dentes duas vezes ao dia e faça visitas regulares ao seu dentista.

Fonte: Mistérios do Mundo