7 mitos sobre a masturbação que você acredita

7 mitos sobre a masturbação que você acredita

Masturbar-se é uma atividade saudável e necessária para a vida

Alguns mitos sobre a masturbação deixam muita gente sem saber se isso são realmente verdade. Pensando nisso, criamos uma lista para desmitificar algumas coisas que falam sobre a masturbação e acreditamos que sejam verdades. Confira:

1. Masturbação vicia

O que pode acontecer é que a pessoa cria um desejo compulsivo e, muitas vezes, deixa de fazer coisas importantes e abre mão de compromissos para ficar se masturbando. Aí, nesses casos, a pessoa precisa procurar ajuda.

2. Masturbar-se faz mal

Masturbar-se é uma atividade saudável e necessária para que sua vida sexual tenha qualidade, além de ser uma forma de conhecer o seu corpo.

3. Masturbação dá espinha no rosto

Essa história de causar espinhas é pura lenda. Também já ouvi dizer que masturbação pode gerar loucura e cegueira…nada disso

4. Acaba com o desejo sexual e a vontade de transar a dois

A masturbação não acaba com o desejo na hora de transar com o seu parceiro ou parceiro. O efeito é totalmente o contrário. A tendência é que a sua libido aumente com o tempo. Ela não diminui o desejo e sim pode aumentá-lo.

5. Masturbação aumenta o pênis

O tamanho do pênis é uma determinação genética e não sofre influência da masturbação.

6. Crescem pelos nas mãos

Esse é um mito que não condiz com a verdade. A masturbação em nada tem a ver com crescer pelos nas mãos ou em qualquer outro lugar.

7. Masturbação provoca pedra nos mamilos

Essa é uma dúvida não muito frequente, mas caracteriza outro mito importante. Existem homens que desenvolvem ginecomastia, que é uma doença de desenvolvimento acentuado das mamas e, muitas vezes, acham que é pela masturbação. Mas não existe essa relação. A ginecomastia tem origem em uma disfunção hormonal e também pode ser causada pelo excesso de gordura de mama.

Fonte: Ultra Curioso