7 previsões de Star Trek que se concretizaram

7 previsões de Star Trek que se concretizaram

Monitores dentro da USS Entreprise eram telas planas e grandes

Nesse ano, a série de TV "Star Trek - Jornada nas Estrelas" completou 50 anos. Na série, a tripulação da USS Entreprise se depara com situações que imaginam como seriam e como viveriam os humanos do futuro, em busca de novos mundos e tecnologias.

O que torna essa série interessante é o fato de que algumas tecnologias apresentadas no programa, fazem parte hoje do nosso cotidiano.

Pensando nisso listamos algumas dessas tecnologias. Confira:

1. O computador pessoal

Roddenberry criou um mundo no qual os computadores eram fundamentais para muitas atividades da vida cotidiana e estavam nas salas de reuniões e onde mais uma pessoa pudesse precisar. A série mostrava os PCs de escritório e de uso pessoal, bem maiores do que os que conhecemos hoje. Mas já antecipando um futuro ainda distante.

2. Tomografia e ressonância

O Dr. McCoy, tinha um pequeno dispositivo que era capaz de realizar um diagnóstico sem precisar fazer cirurgias no corpo de uma pessoa. O aparelho portátil foi uma espécie de previsão da criação da tomografia computadorizada, da ressonância magnética e de outros tipos de aparelhos de diagnóstico por imagens.

3. As memórias USB

Na nave de Star Trek os tripulantes usavam pequenos discos quadrados e planos de 7 centímetros. Eles eram inseridos no computador central e serviam exatamente para guardar dados.

4. Telas planas gigantes

Os monitores dentro da USS Entreprise eram telas planas e grandes. Este conceito foi revolucionário em uma época em que as telas dos aparelhos de televisão das casas tinham um tamanho reduzido e eram curvas.

5. O GPS

O GPS usa sistemas de localização bem semelhantes aos usados pela máquina futurista idealizada por Roddenberry na década de 1960.

6. O tablet

O capitão Kirk, Spock e outros personagens apareceram em alguns episódios usando um aparelho muito parecido com o que hoje conhecemos como tablete. Os tripulantes da USS Enterprise usavam um lápis de plástico, semelhante à caneta que se usa em alguns modelos de tablets. E, claro, o tablet de Star Trek também tinha tela sensível.

7. O telefone celular

O inventor do aparelho, Martin Cooper, reconheceu abertamente que teve a ideia assistindo a um dos capítulos da série. O episódio mostrava o capitão Kirk se comunicando com o resto da tripulação através de um intercomunicador, um aparelho que podia ser aberto e que permitia que ele falasse com o interlocutor apenas chamando-o pelo nome.

Fonte: BBC Brasil