7 sinais que você é bom de cama e não sabe

7 sinais que você é bom de cama e não sabe

Um bom amante sabe quando você está triste ou alegre

Você é bom de cama? Sua parceira deve ter deixado alguns índicos que mostram que você é ou não bom na hora H.

Para saber melhor, listamos alguns sinais que mostram que você é bom de cama e não sabe. Confira:

1. Que saiba dançar

Um cara que domina a arte da dança tem mais desenvoltura na hora H. Ele saberá como amá-la e adorá-la. Repetir os chavões virtuais, aos montes na era da internet, não é uma boa ideia.

2. O clima certo

Uma trilha sonora. Uma bebida. Uma conversa. Nessas horas, bom gosto ajuda. Nos anos 70, o cantor francês Serge Gainsbourg, compositor de uma das músicas mais sensuais do século XX, Je t´aime mon no plus, dificilmente falhará entre quatro paredes.

3. Olhar nos olhos

As mulheres reclamam que os homens não as olham nos olhos. Segundo o escritor Reinaldo Moraes, autor de clássicos da literatura brasileira contemporânea, como Tanto Faz e Pornopopéia, disse que o olhar é a característica “mais sublime do ser feminino”.

4. Curioso

Moça, este cara gosta de provar coisas diferentes no sexo, e o transformará numa poesia lírica – tenha certeza. Já dizia o escritor Ernest Hemingway, Nobel da literatura em 1954: “O homem prova a eternidade durante o orgasmo”.

5. Que vive com intensidade

Canaliza as emoções e as vive com intensidade. Numa era tecnológica, cujas redes sócias são o centro da comunicação humana, o sujeito redige uma carta sentimental e poética sobre vocês dois.

6. Percepção

Um bom amante sabe quando você está triste, alegre, chateada e aborrecida. Um bom amante sabe lê-la e fará de tudo para ter essa percepção entre quatro paredes. Segundo a sabedoria poética, quem tem habilidade de “ler sentimentos” é bom de cama.

7. Não ter medo de dizer o que gosta

Para que uma relação funcione, é preciso falar e escutar. É preciso conversar e entender. Especialistas da vida noturna acreditam que uma sólida relação se constituí com um dos preceitos democráticos – a boa e velha conversa.

Fonte: Ultra Curioso