Açougueiro mata mulher e tem relação íntima com corpo da vítima

Christopher tremia e as autoridades checaram o banheiro

Um açougueiro estrangulou uma mulher até a morte e esquartejou seu corpo em uma banheira, apenas algumas horas após conhecê-la.

Christopher May, de 50 anos de idade, é acusado de assassinar Tracey Woodford, de 47 anos, no que foi descrito pelo Ministério Público em Cardiff, no País de Gales, como um crime brutal, cruel e sexualmente motivado.

A vítima era uma mulher solteira, magra, de cerca de 1,50 metros de altura, e que estava desempregada. Ela tinha rejeitado os avanços sexuais promovidos por Christopher.No tribunal foi dito que policiais foram até a casa do suspeito e notaram um mau cheiro, como se houvesse carne apodrecida no local.

Christopher tremia e as autoridades checaram o banheiro, deparando-se com partes do corpo da vítima e com as armas usadas no crime. Ele tinha tentado jogar os restos da vítima pelo vaso sanitário.Mais tarde os oficiais encontraram o tronco da mulher em um armário da cozinha, e o polegar dela em compartimento de uma bolsa.Posteriormente a cabeça foi descoberta em uma fossa perto de um clube de rugby.De acordo com informações, Christopher teve relações sexuais com o corpo da mulher após matá-la.O acusado está em prisão preventiva e o julgamento continua.

Image title


Fonte: Mirror