Adolescente morre queimada após por lutar com homens que tentavam estuprá-la

O crime horrível é o mais recente na Índia, onde abusos íntimos a mulheres continuam a ocorrer em uma média quase diária

Uma adolescente morreu no norte da Índia uma semana após um bando de homens a incendiarem porque ela lutou para resistir às tentativas de estupro.

O crime horrível é o mais recente na Índia, onde abusos íntimos a mulheres continuam a ocorrer em uma média quase diária, apesar de um clamor internacional após o estupro a uma estudante em 2012.

A polícia prendeu quatro homens acusados pelo ataque, que ocorreu após a jovem de 15 anos sair de sua casa, no estado de Uttar Pradesh (Índia), no dia 16 de novembro.

A família da garota disse à polícia, que seis homens a arrastaram para dentro da casa, depois que ela se opôs aos seus gestos obscenos e as tentativas deles em tocá-la.

Os homens, em seguida, a molharam com querosene e atearam fogo como punição a rejeição da jovem, em um caso ocorrido na vila de Shahjahanpur.

A menina foi levada para um hospital local, mas morreu na noite de domingo (23) devido as graves queimaduras. “Quatro dos seis acusados foram presos. Todos eles pertencem à mesma aldeia,” disse um policial. A polícia agora está à procura dos outros dois acusados que ainda não foram presos.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Gadoo