Algumas coisas que você precisa saber sobre o cérebro feminino

Algumas coisas que você precisa saber sobre o cérebro feminino

A cabeça das mulheres é algo que merece um bom estudo

Existem várias mudanças na vida da mulher quando ela se torna mãe, e como o físico e os hormônio.

Selecionamos para você algumas coisas que deveria saber sobre o cérebro das mulheres. Confia:


1. Elas perdem a vontade de fazer sexo muito fácil

A libido de uma mulher é bem mais temperamental do que a do homem. Estudos mostram que para que ela fique com vontade de fazer sexo e ter orgasmo, algumas áreas do seu cérebro precisam se desligar. Uma mulher pode recusar os avanços de seu parceiro por inúmeras, seja por raiva, por desconfiança e até mesmo por coisas mais simples. A gravidez, cuidar dos filhos e a menopausa também podem confundir a libido da moça. Uma boa dica para os homens é investir nas preliminares. Estudos mostram que para os homens as preliminares costumam durar três minutos antes da penetração, e para elas as preliminares podem ser sutis e podem acontecer até um bom tempo antes do sexo.

2. Elas realmente têm uma intuição incrível

Muitas vezes os homens podem ter a desconfortável sensação de que mulheres podem ler suas mentes, mas a intuição feminina é mais biológica do que mística. Durante sua evolução, elas precisaram aprender a descobrir as necessidades de bebês que não sabem se comunicar corretamente. Para isso, elas aprenderam a ler suas atitudes e “descobrir” seus pensamentos. Com o passar dos anos, elas realmente ficaram boas nisso, tanto que essa habilidade não é limitada aos seus filhos, mas também as pessoas que as rodeiam.

3. Elas mudam todos os dias

As mudanças de humor das mulheres não ocorrem apenas por causa da TPM, as mulheres na verdade são afetadas por seus ciclos menstruais todos os dias do mês. É que os níveis de hormônios estão se alterando constantemente e o organismo da moça os acompanha, fazendo com que elas fiquem mais sensíveis, mais duronas e até mudam sua aparência. Dez dias antes da ovulação, as mulheres tornam-se mais sexualmente disponíveis. Uma semana depois, elas ficam mais carentes e caseiras, e preferem assistir um filme em casa do que sair para balada. Na próxima semana, elas ficam choronas e irritadas, e para a maioria das mulheres, seu humor fica pior nas 24 a 12 horas que antecedem o início de sua menstruação.

4. As mulheres evitam a agressividade

Algumas situações estressantes fazem com que os homens fiquem mais agressivos, mas a maioria das mulheres quando se sentem ameaçadas tentam arranjar jeitos não-agressivos de enfrentar a situação, ou simplesmente apaziguar seu oponente. Para isso, elas podem até manipular seus interlocutores com a intenção de formar “alianças estratégicas”. Acredita-se que as mulheres tenham evoluído de forma a evitar conflitos, porque normalmente as crianças dependem delas.

5. O cérebro da mulher muda quando elas se tornam mães

Existem várias mudanças na vida da mulher quando ela se torna mãe, e como o físico e os hormônios, o cérebro da mulher também muda após dar à luz. Elas precisam pensar que seu mundo está seguro e previsível, uma mãe precisa de apoio, não só para o bem dela, mas pelo bem do bebê. Ela precisa se comportar de uma forma adequada com seu filho para que o desenvolvimento do temperamento e do sistema nervoso da criança seja normal. Uma maneira que a natureza criou para fortalecer o elo entre a mãe e o filho é a amamentação, que além de fazer bem para a criança, alivia o stress da mulher. Um estudo publicado em 2005 indicou que amamentar pode ter o mesmo efeito relaxante no cérebro que uma dose de cocaína.

Fonte: Fatos Desconhecidos