Aprenda a chegar de bicicleta e arrumado no trabalho

Aqui preparamos algumas dicas para iniciar na vida sobre duas rodas e ainda chegar apresentável, mesmo que a empresa não disponibilize vestiário

As ciclovias estão aí e o trânsito está cada vez pior, então, por que não começar a usar a bicicleta para trabalhar? A magrela pode se mostrar uma opção mais rápida, econômica e saudável para chegar na empresa. Tem até um dia nacional para ir de bike ao trabalho, que é o 8 de maio, uma iniciativa promovida pelo grupo Bike Anjo, que ajuda ciclistas iniciantes.


Muitas pessoas preferem andar de bicicleta bem arrumadas, prontas para chegar no escritório ou algum encontro social. Em algumas regiões da cidade já é comum encontrar homens pedalando de terno e gravata, assim como mulheres de vestido ou tailleur. Esse movimento é conhecido como Cycle Chic, mas nada impede que você pedale com roupas mais confortáveis ou esportivas e depois se troque. Se for de calça, existem diversas opções para evitar que elas se sujem, como dobrar a barra ou usar braçadeiras, conforme listou o Eu Vou de Bike.

Começando a andar de bicicleta agora, não se esforce demais. Pode pedalar para o trabalho uma, duas ou três vezes por semana, e aumentar o ritmo conforme se sentir mais seguro e for melhorando o condicionamento físico.

Aqui preparamos algumas dicas para iniciar na vida sobre duas rodas e ainda chegar apresentável, mesmo que a empresa não disponibilize vestiário.

Escolha da bicicleta

Para quem vai pedalar distâncias curtas, de até 7 quilômetros, ou quer usar também o transporte público e até fazer apenas uma parte do trajeto de carro, a bicicleta dobrável é a melhor opção. Se o estilo ou o conforto forem suas prioridades, pode escolher uma bicicleta fixa ou uma confort bike.

Quem mora longe do trabalho e vais pedalar todo o trajeto pode optar pelas bicicletas híbridas, de estrada ou as mountain bikes. A decisão final depende mais do gosto de cada um e do que vai se fazer com a bicicleta no tempo livre.

As ciclovias estão aí e o trânsito está cada vez pior, então, por que não começar a usar a bicicleta para trabalhar? A magrela pode se mostrar uma opção mais rápida, econômica e saudável para chegar na empresa. Tem até um dia nacional para ir de bike ao trabalho, que é o 8 de maio, uma iniciativa promovida pelo grupo Bike Anjo, que ajuda ciclistas iniciantes.

Muitas pessoas preferem andar de bicicleta bem arrumadas, prontas para chegar no escritório ou algum encontro social. Em algumas regiões da cidade já é comum encontrar homens pedalando de terno e gravata, assim como mulheres de vestido ou tailleur. Esse movimento é conhecido como Cycle Chic, mas nada impede que você pedale com roupas mais confortáveis ou esportivas e depois se troque. Se for de calça, existem diversas opções para evitar que elas se sujem, como dobrar a barra ou usar braçadeiras, conforme listou o Eu Vou de Bike.

Começando a andar de bicicleta agora, não se esforce demais. Pode pedalar para o trabalho uma, duas ou três vezes por semana, e aumentar o ritmo conforme se sentir mais seguro e for melhorando o condicionamento físico.

Aqui preparamos algumas dicas para iniciar na vida sobre duas rodas e ainda chegar apresentável, mesmo que a empresa não disponibilize vestiário.

Escolha da bicicleta

Para quem vai pedalar distâncias curtas, de até 7 quilômetros, ou quer usar também o transporte público e até fazer apenas uma parte do trajeto de carro, a bicicleta dobrável é a melhor opção. Se o estilo ou o conforto forem suas prioridades, pode escolher uma bicicleta fixa ou uma confort bike.

Quem mora longe do trabalho e vais pedalar todo o trajeto pode optar pelas bicicletas híbridas, de estrada ou as mountain bikes. A decisão final depende mais do gosto de cada um e do que vai se fazer com a bicicleta no tempo livre.


Acessórios

Fora os acessórios de segurança, como capacete, luzes e luvas, dois itens podem fazer toda a diferença para chegar arrumado ao trabalho. Paralamas e bagageiro.

Os paralamas são instalados sobre as duas rodas e evitam evitam que água, óleo ou qualquer outro líquido respingue nas roupas e na bicicleta. Os bagageiros permitem que você tire a mochila das costas, o que vai evitar litros de suor. Algumas pessoas gostam de pegar a mochila e prender em cima do bagageiro, mas também é possível – e mais estiloso – comprar um alforge (mala especialmente desenhada para encaixar na lateral do bagageiro) para carregar roupas, itens de higiene e outras coisas.

As ciclovias estão aí e o trânsito está cada vez pior, então, por que não começar a usar a bicicleta para trabalhar? A magrela pode se mostrar uma opção mais rápida, econômica e saudável para chegar na empresa. Tem até um dia nacional para ir de bike ao trabalho, que é o 8 de maio, uma iniciativa promovida pelo grupo Bike Anjo, que ajuda ciclistas iniciantes.

Muitas pessoas preferem andar de bicicleta bem arrumadas, prontas para chegar no escritório ou algum encontro social. Em algumas regiões da cidade já é comum encontrar homens pedalando de terno e gravata, assim como mulheres de vestido ou tailleur. Esse movimento é conhecido como Cycle Chic, mas nada impede que você pedale com roupas mais confortáveis ou esportivas e depois se troque. Se for de calça, existem diversas opções para evitar que elas se sujem, como dobrar a barra ou usar braçadeiras, conforme listou o Eu Vou de Bike.

Começando a andar de bicicleta agora, não se esforce demais. Pode pedalar para o trabalho uma, duas ou três vezes por semana, e aumentar o ritmo conforme se sentir mais seguro e for melhorando o condicionamento físico.

Aqui preparamos algumas dicas para iniciar na vida sobre duas rodas e ainda chegar apresentável, mesmo que a empresa não disponibilize vestiário.


Higiene

Pedalar mais devagar para chegar no trabalho é o jeito mais fácil de não suar, o que pode ser uma boa opção no dia-a-dia, especialmente para quem mora mais perto da empresa.

Para quem mora longe, não quer perder tempo pedalando devagar ou gosta de aproveitar o trajeto para fazer o esporte do dia, facilita se houver um chuveiro disponível ao chegar no trabalho. Quem não tem essa vantagem pode se utilizar de alguns truques:

- Colocar talco (aquele mesmo, de bebê) nas axilas e na virilha evita o mau cheiro e mantém o corpo mais seco.
- Lenços umedecidos podem ser uma boa opção para se limpar depois do pedal e ainda ficar cheiroso(a).
- Creme para pentear ou cera de cabelo ajudam a manter o topete no lugar e facilitam o retoque depois de tirar o capacete.

Chuva

No caso de chuva é preciso fazer uma avaliação arriscada: é uma chuva leve ou pesada?
Se você acredita que é uma chuva leve e seu trajeto é curto, um casado impermeável ou um poncho resolvem o problema com satisfação. Porém, como esse tipo de proteção impede que o suor evapore, é preciso maneirar um pouco mais no ritmo, senão o risco é ficar mais molhado por dentro da roupa do que por fora.

Se a chuva for pesada e você está disposto a pedalar, não pense duas vezes: guarde toda a roupa em uma mochila ou alforge impermeável, inclusive um calçado extra, e se jogue. Roupas de lycra são mais recomendadas porque secam rápido e são mais fáceis de lavar..

 

Fonte: Brasil Post