Arqueólogos encontram a joia mais antiga do mundo

Arqueólogos encontram a joia mais antiga do mundo

Um grupo de arqueólogos foram os responsáveis pela descoberta

Uma descoberta feita em um assentamento pré-histórico situado nos arredores da cidade de Pazardzhik, na Bulgária pode mudar a história. Isso porque a sociedade que vivia no local teria sido de alto nível cultural e que existiu quase um milênio antes da civilização suméria.

Um grupo de arqueólogos foram os responsáveis pela descoberta. A joia, que parece um anel pode ser a mais antiga da Europa e, possivelmente o artefato de ouro mais antigo do mundo.

O local das escavações ocupa 12 hectares e é considerado uma das primeiras áreas urbanas da Europa. O objeto mede 4 milímetros de diâmetro e pesa apenas 0,15 grama. O pequeno anel de ouro teria sido feito no local por volta de 4.500 a.C., o que o torna 200 anos mais antigo que as joias encontradas na necrópole da Idade do Cobre de Varna, na Bulgária.

Ainda na mesma área, os pesquisadores descobriram 150 estatuetas de cerâmica representando aves, o que poderá indicar que os habitantes do local as consideram sagradas.

Fonte: Nerdices