Artista de tatuagem de bilhete da avó conta como foi fazer a arte

Tatuador relata como foi fazer a obra em seu amigo

Uma tatuagem rodou o Brasil nas últimas semanas e foi alvo de muitas criticas tanto positivas quanto negativas. O desenho feito em Leonardo Javiel, 32 anos, em São Leopoldo-RS chamou a atenção por ser um bilhete de sua avó. Porém, em uma conversa com o tatuador Tiago Lopes, 34 anos, a tatuagem tem muito simbolismo tanto para o Leonardo quanto para ele.

Os dois se conheceram há 5 anos em uma pista de skate onde Tiago trabalhava como tatuador e  Léo como gerente da loja no local. Durante a sua vida, o rapaz foi criado por sua avó, dona Neivinha, que na época tinha 76 anos. O tatuador conta que a avó de Léo era realmente uma mulher diferenciada:

- Conheci ela de vista, não tive muito contato, mas o que todos falam é que era uma pessoa muito parceira e alto astral. Apoiava o Léo em tudo. Relatou o tatuador.

Mas, em 2012, dona Neivinha veio a falecer, após ter sofrido 9 infartos. Seu último contato com seu neto foi um bilhete deixado por ela avisando o horário que voltaria para casa. Porém, nunca mais voltou. Durante toda a correria, Leonardo acabou perdendo o bilhete deixado por sua avó. Mas sua vontade de achar e marca-lo em seu corpo era imensa.

4 anos depois, procurando documentos em sua casa, Javiel acabou achando o bilhete, que de imediato procurou Tiago para fazer a tatuagem. Tiago não pensou duas vezes e marcou um horarário para o amigo. Segundo o tatuador, foi um trabalho bem rápido que durou cerca de 30 minutos. Durante toda a tatuagem, Leo contava histórias de sua avó



Tatuagem do bilhete de dona Nivinha nas costas de Leonardo. (Crédito: Tiago Lopes)
Foto de Tiago Lopes e Leonardo Javiel juntos após a tatuagem (Crédito: Tiago Lopes/ Edição: Gabriel Ramadon)

- Ficou um clima tri legal durante todo trabalho [...] Ele se emocionou algumas vezes enquanto contava histórias de sua avó e tudo mais... Contou Tiago.

Não só o bilhete de Neivinha foi marcado em sua pele, a assinatura retirada de sua identidade também foi marcada em seu peito.


Tatuagem da assinatura da avó retirada da identidade (Crédito: Tiago Lopes/Edição Gabriel Ramadon)
Tatuagem da assinatura da avó retirada da identidade (Crédito: Tiago Lopes/Edição Gabriel Ramadon)

No final do trabalho veio a surpresa. Leonardo foi perguntar quanto custaria o trabalho e Tiago fez questão de não cobrar por ser algo tão simbólico. O tatuador a denominou como sua Monalisa por conta do significado e repercursão que o desenho teve. 

- Ele me abraçou, me beijou... Ficou realmente muito emocionado. Tiago contando a reação de Léo por não ter cobrado e pelo resultado do trabalho.

A foto da tatuagem gerou muita repercussão na internet. Segundo Tiago, em sua rede social ja teve 600 curtidas e milhões de compartilhamentos. Dona Neivinha hoje completaria 80 anos e certamente estaria bem orgulhosa de seu neto.

Fonte: www.meionorte.com