Bateria de cigarro eletrônico explode dentro do bolso de homem

Ele teve parte de sua coxa queimada

O jovem Dan Walker, de 20 anos, teve parte de sua coxa queimada após a bateria de seu cigarro eletrônico explodir dentro do bolso de sua calça como se fosse "fogos de artifício".

Ele estava fazendo compras durante a semana passado quando suas calças começaram a pegar fogo repentinamente. Ele tentou abaixar as calças enquanto alguns clientes o jogaram no chão na tentativa de apagar o fogo.

O rapaz foi levado para a unidade de queimaduras especiais da Grã-Betanha, onde os médicos descobriram que ele havia sofrido queimaduras de até terceiro grau.

Após alguns exames, constatou-se que ele precisará de um enxerto de pele para reparar os danos e será afastado do trabalho por até seis semanas.

“Não houve aviso, a bateria não estava quente nem apresentava qualquer problema. Enquanto eu caminhava em uma das lojas, ouvi um estrondo e um apito, como os que ouvimos em uma queima de fogos de artifício, aí minha perna pegou fogo. A perna esquerda foi totalmente coberta de fogo e a direita ficou chamuscada", disse.

Ele também aproveitou para alertar as pessoas sobre comprar baterias e equipamentos em lojas bem conceituadas. Cigarros eletrônicos são vaporizadores alimentados por baterias que simulam a sensação de fumar, mas sem o tabaco. Os usuários podem comprar líquidos diferentes com sabor para colocar no vaporizador e então, ao invés de respirar a fumaça, o usuário inspira vapor.

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do UOL