Buraco misterioso é detectado por sonda espacial em Marte

Formação do buraco ainda é um mistério

Você já deve ter ouvido que os cientistas sabem mais coisas sobre a superfície de Marte do que a respeito das profundezas do oceano aqui da Terra, não é mesmo? Afinal, além do explorador Curiosity vasculhando as terras marcianas, existem diversas sondas espaciais em órbita por lá fazendo todo tipo de monitoramento e estudo, algumas há vários anos. Mas isso não significa que o Planeta Vermelho não surpreenda os astrônomos de vez em quando.

De acordo com Mike MCrae, do site Science Alert, um time de astrônomos da NASA identificou algo bem estranho em uma das imagens registradas pela sonda MRO — de Mars Reconnaissance Orbiter — sobre o polo sul de Marte: um baita buracão cuja formação é um mistério para os cientistas.

Furão misterioso

Você já deve ter visto imagens da superfície de Marte e percebido que ela é coberta de imensas formações geológicas, crateras e marcas de impacto, certo? Segundo as estimativas, o Planeta Vermelho conta com mais de 500 mil sinais de colisões de meteoritos, e sabemos que existem cânions e abismos imensos por lá, assim como cavidades criadas por antigos tubos de lava que entraram em colapso e irregularidades provocadas pela atividade vulcânica que um dia existiu no planeta.

Entretanto, segundo Mike, nenhuma dessas estruturas parece ser tão profunda quanto a que foi detectada pela MRO. Conforme explicaram os cientistas da NASA, a cavidade foi descoberta em uma área que eles chamaram de “terreno queijo suíço”, caracterizada por círculos onde havia dióxido de carbono que acabou derretendo com a chegada do verão marciano. Aliás, se você olhar com mais atenção para o buraco, vai perceber que é possível ver gelo em seu interior. Confira:

Buraco misterioso na superfície de Marte (Crédito: Reprodução)
Buraco misterioso na superfície de Marte (Crédito: Reprodução)

Para você ter uma ideia da dimensão do poço, a imagem foi capturada pela câmera HiRISE — de High Resolution Imaging Science Experiment — da sonda espacial, capaz de detectar objetos com dimensões acima de um metro a distâncias entre 200 e 400 quilômetros de altitude. A NASA revelou que, em escala, o mapa é projetado em 50 centímetros por cada pixel, o que significa que o buraco conta com centenas de metros de diâmetro.

Só que, de momento, os cientistas da agência espacial não fazem ideia de como o buracão se formou. E se algumas teorias da conspiração malucas começaram a surgir na sua mente para explicar como algo tão grande foi aparecer em Marte, saiba que os astrônomos provavelmente estão quebrando a cabeça para determinar se o poço é resultado de algum colapso ou se ele foi criado por alguma rocha espacial que bateu por lá.


Fonte: Com informações do Megacurioso