Camisinha de 200 anos é vendida por R$ 2.700 na Holanda

Uma camisinha de cerca de 200 anos foi vendida por 2.700

Uma camisinha de cerca de 200 anos foi vendida em leilão pelo equivalente a cerca de R$ 2.700.

O preservativo usado é feito de intestino de carneiro. Peça rara, a camisinha só costuma ser encontrada em museus. Achada na França, a peça tem 19 centímetros de comprimento.

Em séculos passados, as peças eram feitas de intestino de carneiro, porco, cabra e bezerro. Por se tratar de um artigo caro e de confecção demorada, só os mais abastados podiam usá-lo.

Com a chegada dos preservativos de borracha no século XIX, os intestinos deixaram de ser matéria-prima da indústria e ficaram cada vez mais difíceis de encontrar.

Camisinha leiloada (Crédito: Reprodução)
Camisinha leiloada (Crédito: Reprodução)


O leilão foi realizado pela casa Catawiki e teve a participação de representantes de vários museus. O autor do lance mais alto foi um homem de Amsterdã (Holanda).

As camisinhas atuais tem tamanho médio de 18 centímetros.

Fonte: Com informações do Gadoo