Cão nasce com tromba de elefante e desafia veterinários ao permanecer vivo

Alguns disseram que ele morreria logo e não seria possível viver, mas ele já tem 15 dias e aparenta estar saudável.

Ele é morador de Santiago del Estero, na Argentina. Segundo ele, ao nascer, um dos cachorrinhos o assustou por possuir uma espécie de “tromba” ao invés de focinho.

“Era uma espécie semelhante, mas também incrivelmente diferente dos outros cachorros. Nasceu deformado no focinho e eu pensei que estava morto, mas então o vi se movimentando e tentando mamar, por isso o ajudei para chegar até sua mãe e beber, mas o nariz impedia e não deixava sua boca tocar a teta”, comentou.

“Fiquei impressionado com a rapidez com que a notícia se espalhou e muitas pessoas estão vindo aqui para conhecer o filhote e tirar fotos. Uma das crianças que apareceu disse que ele parecia com um personagem do filme Harry Potter e isso é o que todo mundo da mídia local anda falando”, acrescentou.

Eduardo ainda comentou que o Centro de Saúde Animal não soube explicar a anomalia e os veterinários ficaram intrigados com o caso. Alguns disseram que ele morreria logo e não seria possível viver, mas ele já tem 15 dias e aparenta estar saudável.

A cadela não rejeitou o filhote, mas ele tem enorme dificuldade em sugar o leite porque a “tromba” atrapalha. Todas as vezes que tenta, a sensação é de que está se afogando.

O proprietário ainda comentou que muitas pessoas ligaram para dizer que isso é um mal presságio e que ele deveria matá-lo ou queimá-lo antes que trouxesse azar para a família. Eduardo não acredita em superstição e sabe que se trata apenas de uma mutação e espera que ele consiga sobreviver.




Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Jornal Ciência