Celular de passageira pega fogo e causa pânico em voo nos EUA

As causas do incêndio repentino estão sendo investigadas

A estudante Anna Crail assistia um filme em seu iPhone 6 durante uma viagem de avião entre Bellingham (Washington, EUA) e Honolulu (Havaí, EUA), quando o aparelho entrou em chamas.

"Quando começou [a pegar fogo] eu achei que fôssemos cair", conta a estudante. "De repente, havia chamas de 20 centímetros saindo do meu celular. Eu o joguei no chão e ele foi parar embaixo do assento de outro passageiro, as chamas foram ficando mais altas e muita gente se levantou", descreve ela.

Um porta-voz da companhia Alaska Air confirmou o incidente e informou que o caso aconteceu 90 minutos antes do voo pousar em segurança no Havaí. "As chamas foram rapidamente apagadas por comissários de bordo, que são treinados para situações como essa", explicou o representante, acrescentando que o voo seguiu viagem normal e ninguém ficou ferido.

As causas do incêndio repentino estão sendo investigadas pela companhia aérea e pela Administração Federal de Aviação (FFA, na sigla em inglês) - órgão responsável pelos regulamentos e todos os aspectos da aviação civil nos Estados Unidos. A Apple informou que entrou em contato com a família de Anna e que o caso está sendo apurado. 

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações da UOL