Chimpanzé abraça ativista após ser deixado em ilha por estudiosos

Ponso foi retirado de uma floresta para ser usado em pesquisas.

Um chimpanzé chamado Ponso, de 40 anos, chamou a atenção na internet após dar um carinhoso abraço na ativista francesa Estelle Raballand, diretora da ONG Chimpanze Conservation Center, que lhe fez uma visita na ilha onde vive após ser abandonado por um laboratório.

De acordo com informações dos sites locais, Ponso foi retirado de uma floresta e levado para ser utilizado em testes de uma pesquisa sobre hepatite em Nova York. Depois de anos de testes, ele e outros 19 chimpanzés foram levados para uma ilha deserta.

Com o passar do tempo, alguns animais foram morrendo e outros desaparecendo. Em 2013, Ponso ficou sozinho no local. Para sobreviver, um morador da região sempre lhe dá bananas e pães, única alimentação na região. Diante da situação, um grupo criou uma campanha no site de financiamento GoFundMe para ajudar Ponso. Até agora já foram arrecadados pouco mais de R$ 100 mil.

Morador sempre ajudou chimpanzé  (Crédito: Reprodução)
Morador sempre ajudou chimpanzé (Crédito: Reprodução)
Animal abraçou ativista que foi visitá-lo (Crédito: Reprodução)
Animal abraçou ativista que foi visitá-lo (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do Uol