Chinesa afirma que ficou grávida durante 17 meses

Chinesa afirma que ficou grávida durante 17 meses

Médicos pretendem registrar esse fato no Livro dos Recordes

Uma chinesa da província de Hunan, alega que ficou 17 meses grávida, e por isso pretende entrar para o livro dos recordes.

De acordo com Wang Shi, ela teria ficado grávida em fevereiro de 2015 e, assim, daria à luz em novembro do mesmo ano. Porém, o bebê só nasceu em agosto deste ano. Wang Shi alega que sua placenta é subdesenvolvida e, por isso, seu filho demorou a chegar.

Ainda de acordo com a chinesa, ela ia ao médico com o marido, e mesmo estando no 14° mês de gestação os médicos diziam que ela deveria esperar, porque o feto ainda estava em desenvolvimento.

O Guines considera a gravidez da americana Beulah Hunter, como a mais longa do mundo. O fato aconteceu em 1945, e ela ganhou um bebê depois de 375 dias, 100 a mais que em uma gravidez considerada normal.

Os médicos contam que no caso da chinesa a situação é diferente já que eles pediram para ela se submeter a um ultrassom, mas a jovem teria se negado, afirmando que desde fevereiro do ano anterior sua menstruação teria parado.

Outro médico envolvido no caso afirma que eles nunca viram nenhuma evidência que sugerisse que ela estaria grávida de 17 meses, nem mesmo registros de suas primeiras consultas.

Fonte: Mega Curioso