Ciência mostra como cozinhar o ovo perfeito

Ciência mostra como cozinhar o ovo perfeito

Cozinhar um ovo bem feito parece ser uma tarefa fácil, mas não é

Cozinhar um ovo parece ser uma tarefa fácil, mas é comum comer ovos com claras borrachudas, gemas extremamente duras e sem sabor, e, claro, cascas que levam embora grande parte de seu ovo. Se isso acontece com você, é porque não está cozinhando o alimento de maneira correta.

Especialistas da culinária contam que o ovo possui uma bipolaridade. Isso acontece na hora do cozimento, já que os ovos não são compactos e inteiros, eles são formados por duas composições diferentes: Clara e gema.

Ainda de acordo com os especialistas as duas partes cozinham em temperaturas diferentes. A temperatura certa da clara é de 82°C. Já a gema cozinha até 77 °C.

Outro problema é quando se deixa o ovo cozinhar demais. O enxofre da clara e o ferro da gema começam a reagir, e juntos liberam sulfeto ferroso, que transformam o amarelo das gemas em um verde profundo e feio, especialmente ao redor, na divisa com a clara; e que é bastante perigoso à saúde.

Em grande quantidade, essa substância pode matar uma pessoa asfixiada, como muitas vezes acontece com mineradores em trabalho.

Porém, como podemos cozinhar o ovo de maneira correta? Segundo Lopez-Alt, é preciso esperar a água borbulhar e colocar os ovos para cozinhar durante 30 segundos apenas. Em seguida, você precisa desligar o fogo e adicionar gelo para baixar a temperatura da água lentamente, permitindo que o ovo cozinhe devagar e atinja a consistência correta. Isso acontece depois de 11 minutos a cerca de 87°C.

Fonte: Segredos do Mundo